Cidades

8/9/2013 às 08h08

Revoltados com greve, passageiros queimam e depredam ônibus em São Luís

Motoristas deixaram os veículos nas ruas do centro da cidade, o que complicou o trânsito

Do R7, com Fala Brasil

Diversos ônibus ficaram destruídos após a revolta dos passageiros Reprodução/ Rede Record

Parte da população de São Luís, no Maranhão, ficou revoltada com uma paralisação dos motoristas de ônibus e decidiram queimar e destruir os coletivos.

Os motoristas abandonaram os veículos nas ruas do centro da cidade, complicando o trânsito para quem voltava para casa. Em um dos casos, uma passageira ficou indignada com a paralisação, já que o filho é cardíaco e começou a passar mal. 

Depois de três horas, o Batalhão de Choque chegou ao local. Só assim a circulação dos ônibus foi liberada.

Leia mais notícias de Cidades

O Sindicato dos Rodoviários não se manifestou mediante a paralisação.

Assista ao vídeo:

 

  • Espalhe por aí:

Veja também

Todas as notícias
Publicidade

Vitrine de ofertas

Compartilhe
Compartilhe
Engoliu presilha

“Minha joia mais preciosa descansou nos meus braços”, diz mãe de criança

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Pacto de morte coletivo

Pais dizem que filhas não demonstraram variação no comportamento

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Goiânia

Familiares de vítimas de serial killer ficam frente a frente com suspeito

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Crime bárbaro

Mãe conta como matou a filha de 7 anos para ritual no PR; ossada é encontrada

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
  • Últimas de Cidades

  • Últimas de Notícias

Compartilhe
Braço amputado

Tigre ataca menino de 11 anos em zoo do Paraná ; pai responderá por lesão

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!