Cidades

26/2/2013 às 13h11 (Atualizado em 26/2/2013 às 13h57)

Rita Lee é absolvida de pagar indenização por desacato contra PMs em Aracaju (SE)

Associação de Militares informou que vai recorrer da decisão

Do R7

Cada policial pediu indenização de R$ 24 mil Francisco Cepeda/AgNews

A Justiça de Sergipe absolveu a cantora Rita Lee de indenizar por desacato 35 policiais militares durante um show do Festival de Verão, ocorrido em 29 de janeiro de 2012, em Aracaju (SE).

A sentença do juiz Alexandre Lins, do 7ª Juizado Especial Cível, informou que os profissionais estão sujeitos a experiências desagradáveis durante o exercício da função e que não devem receber compensação financeira por isso, mas sim o suspeito ser preso. Cada policial envolvido na ação pediu uma indenização de R$ 24 mil.

A Associação dos Militares de Sergipe informou que deve recorrer da sentença até a última instância.

Leia mais notícias de Cidades

A confusão ocorreu quando dois policiais abordavam algumas pessoas que assistiam ao show e estariam fumando maconha, o que incomodou a cantora. A roqueira chegou a chamar os agentes de "cachorros" e "cafajestes". Ela foi detida após a apresentação por desacato à autoridade.

Em depoimento à polícia logo após a prisão, Rita Lee disse que agiu por emoção e se ofendeu com a atitude dos militares no último show de sua carreira.

Relembre o caso:

  • Espalhe por aí:

Veja também

Todas as notícias
Publicidade
Compartilhe
X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!