'O teto para servidores públicos não pode ser uma brincadeirinha', diz relator da comissão na Câmara

Por Mariana Londres

O deputado federal Rubens Bueno (PPS-PR)
O deputado federal Rubens Bueno (PPS-PR) Divulgação

Em entrevista à Coluna do Fraga, o deputado Rubens Bueno (PPS-PR) antecipou que será designado relator do projeto de lei que impõe limite aos salários acima do teto constitucional nos três Poderes.

A comissão será instalada nesta terça-feira (12) e os deputados aguardam quórum para iniciar a primeira reunião.

O projeto encontra resistência em alguns setores dos poderes e apoio em outros. Na semana passada, o ministro do STF Marco Aurélio Mello defendeu o fim dos supersalários em entrevista e a ministra Cármen Lúcia, presidente da corte, tornou públicos os salários e benefícios dos ministros, esperando que os tribunais pelo País façam o mesmo.

Apesar da Constituição estabelecer um teto para os salários do funcionalismo público, o limite é desrespeitado em função de brechas na legislação, por meio de pagamentos de benefícios que, somados aos salários, chegam a R$ 500 mil mensais, caso de um juiz no Mato Grosso.

O projeto estava parado na Câmara desde dezembro de 2016. Agora a expectativa é que comissão especial conclua seu parecer em até dois meses e o projeto, já aprovado no Senado, siga direto para o plenário.

  • Espalhe por aí:

Twitter

Compartilhe
NATIVE ADS

X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!
Access log
Access log