Distrito Federal

Distrito Federal

26/8/2013 às 12h48

Homem compra dois carros no leilão da PMDF e descobre que eles são clonados

Número dos motores dos dois veículos são iguais e não correspondem às documentações

Do R7, com a TV Record Brasília

Homem comprou duas caminhonetes da PMDF e não consegue transferir os veículos porque eles são clonados Reprodução / TV Record Brasília

O motorista Silvano da Silva Coutto comprou dois carros da PMDF (Polícia Militar do DF) em um leilão feito pela corporação há dez meses. No entanto, na hora de fazer a transferência dos veículos para o nome dele, descobriu que os carros são clonados.  

A intenção de Coutto era comprar as caminhonetes para reformá-las e vendê-las por um preço maior do que o que pagou, algo em torno de R$ 13 mil, mas desde quando descobriu o problema não consegue encontrar uma solução.  

— Comprei os dois carros da Polícia Militar e achei que fosse um bom negócio, acreditei que teriam bons precedentes. Porém, com o problema da clonagem, não consigo fazer a transferência e só tenho prejuízo.  

Nos últimos dez meses, o motorista acumulou uma quantidade grande de papeis adquiridos durante as tentativas de solucionar o problema.   

Leia mais notícias no R7 DF

Detran-DF realiza leilão público de carros apreendidos nesta terça-feira

A primeira orientação que ele teve foi procurar a fábrica, que confirmou o problema.  

— Mandei ofício para lá e eles responderam dizendo que o motor dos veículos estão em duplicidade e os números não correspondem aos dos documentos.  

Coutto também foi orientado a procurar a Polícia Militar, uma vez que comprou os carros dela, mas até o momento não teve sucesso.  

— Eles ficam enrolando e dizem que vão ver amanhã, amanhã e esse amanhã nunca chega.  

Ele também tentou resolver o problema no tribunal de pequenas causas, mas foi informado de que não poderia entrar com uma ação contra a polícia militar em respeito ao órgão do governo.  

— Fui no fórum do Riacho Fundo e disseram que teria de procurar a promotoriat pública ou adquirir um advogado.  

Os carros estão na garagem da casa do motorista há dez meses, pegando sol e chuva, e embaixo de proteções para serem tão danificados pela ação do tempo.  

Diante da situação, Coutto disse que não pretende mais participar de nenhum leilão, em especial da Polícia Militar.   

— Quero distância, porque são pessoas que não oferecem o mínimo de confiança.

 

 

  • Espalhe por aí:

Veja também

Todas as notícias
Compartilhe
Desde 21/04/2012

Dois anos de R7 DF: relembre as 20 notícias mais clicadas no Distrito Federal

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Papai saradão

Empresário cria projeto para chegar em forma à festa de 15 anos da filha

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Que diferença!

Ex-viciado em refrigerante emagrece 52 quilos em um ano e meio e fica saradão

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Veja as fotos

Após quebrar cadeira, ele emagreceu 59 quilos e agora pega pesado na malhação

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Gata do Facebook

Com fotos sensuais, Bianca Anchieta já conseguiu mais de um milhão de curtidas

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Veja as fotos

Sucesso na internet, cantora da Resposta do Lepo Lepo vira celebridade

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Belas imagens

Tour virtual apresenta Praça dos Três Poderes e Congresso por dentro

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Participe

Internautas se divertem em exposição de arte com bolinhas. Mande sua foto

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
  • Últimas de Distrito Federal

  • Últimas de Notícias

X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!