Metrô-DF terá vagão exclusivo para mulheres durante todo o funcionamento

Medida, anteriormente, era feita somente nos horários de pico

Primeiro carro será exclusivo durante todo o funcionamento do Metrô
Primeiro carro será exclusivo durante todo o funcionamento do Metrô Reprodução / TV Record Brasília

A partir desta terça-feira (1º), o uso do carro exclusivo para mulheres e pessoas com deficiência será liberado durante todo o período da prestação do serviço metroviário, das 6h às 23h30, de segunda a sábado, e das 7h às 19h, aos domingos e feriados. A ampliação para o período integral atende a reivindicações dos próprios usuários, que manifestaram essa vontade na ouvidoria da Companhia.

O carro exclusivo para mulheres e pessoas com deficiência é o primeiro carro, que fica logo após a cabine do piloto. Adotado em 1º de julho de 2013, em cumprimento à Lei Distrital 4848/2012, o carro exclusivo foi ganhando a adesão de usuários, que logo se tornaram os maiores fiscais da exclusividade.

Leia mais notícias no R7 DF

Experimente grátis: todos os programas da Record na íntegra no R7 Play

Apesar de a Lei não prever punição aos infratores, o Metrô-DF faz, por meio do CSO (Corpo de segurança Operacional), a abordagem dos desavisados e desatentos, sempre de forma educativa. Quando há flagrante de desrespeito, o usuário é convidado a se retirar e, se houver resistência, pode ser encaminhado à Delegacia de Polícia e responder por crime de desobediência.

Em abril deste ano, o Metrô-DF deu início a uma campanha para o uso correto do carro exclusivo. A presença mais efetiva das regras de uso junto aos usuários aumentou o número de reclamações contra o descumprimento da Lei. Diariamente, cerca de 20 usuários passaram a contatar a ouvidoria para relatar casos de desobediência e pedir a ampliação do benefício.

Como era

Desde a implantação, em 2013, a exclusividade era aplicada apenas aos horários de pico da manhã (das 6h às 8h45) e da tarde (das 16h45 às 20h15), de segunda a sexta-feira.