Distrito Federal

Distrito Federal

12/6/2013 às 11h48 (Atualizado em 12/6/2013 às 12h09)

Motel do DF espera lotação máxima na suíte voyeur no Dia dos Namorados

Quarto duplo permite que casais se observem ou ainda que interajam de perto

Fred Leão e Paulo Mondego, do R7

Já pensou em comemorar o Dia dos Namorados de maneira fora do convencional? É isso que alguns casais vão fazer em um motel de Taguatinga, região administrativa do Distrito Federal. O local possui asuítes do tipo voyeur, na qual casais podem se observar durante o sexo. O gerente do motel, Phillipe Vilela conta que a expectativa é de que estas suítes tenham lotação máxima nesta quarta-feira (12).  

— É certo que vai lotar. Sempre tem muita procura para a suíte voyeur.  

Para quem não sabe como funciona o quarto, que custa R$ 66 por hora, Vilela explica que são duas suítes separadas por uma porta de vidro, coberta com cortinas dos dois lados. O gerente do motel afirma o primeiro casal que chega até a suíte avisa à administração se quer ou não ver e ser visto pela porta de vidro. É com essa informação que a outra metade do quarto é alugada.  

Caso o clima esquente e os casais resolvam ter contato mais de perto, eles podem abrir o vidro que separa os quartos.   — Geralmente os casais que escolhem a suíte voyeur são desconhecidos. O serviço é oferecido há seis meses e são 12 quartos deste tipo no estabelecimento. 

Leia mais notícias no R7 DF

Clique e aqui e conheça a suíte de motel mais luxuosa do Distrito Federal

Para a psicóloga e terapeuta sexual Jerusa Figueiredo, da UnB (Universidade de Brasília), a prática de fazer sexo observando e sendo observado era tida como perversão, mas esse quadro mudou. 

— Houve uma intensidade ou frequência dessa prática que passou a ser encarada com normalidade.  

Porém a especialista alerta que a prática excessiva de atividades que envolvam o voyeurismo, por exemplo, pode comprometer a satisfação sexual do casal.   

— Quando o indivíduo precisa de um estímulo além do parceiro, é preciso tomar cuidado.   

Para a sexóloga, o normal é se satisfazer com o parceiro e não com fatores externos. 

Faça seu e-mail do R7
Imprima suas fotos no R7!
Venha para o R7 Banda Larga!      

 

 

  • Espalhe por aí:

Veja também

Todas as notícias
Publicidade
Compartilhe
X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!