Distrito Federal

18 de Setembro de 2014

Notícias

Diretor do DFTrans descarta aumento de passagens de ônibus no DF

Rodoviários prometem paralisar atividades nesta quinta-feira

Do R7, com TV Record Brasília | 04/07/2012 às 18h31
Publicidade

O diretor do DFTrans, Marco Antonio Campanella, garantiu na tarde desta quarta-feira (4) que não haverá aumento nas passagens de ônibus no Distrito Federal. A declaração foi dada em meio às negociações com o setor de transporte coletivo rodoviário que ameaça entrar em greve.

O diretor está reunido neste momento com representantes das empresas de transporte coletivo e o Sindicato dos Rodoviários.

Também nesta quinta-feira , os rodoviários do DF confirmaram paralisação geral das atividades por 24 horas, em toda a capital federal. Eles cruzam os braços já a partir da meia-noite.

Leia mais notícias no R7

De acordo com o vice-presidente do Sindicato dos Rodoviários, Jorge Farias, não houve nenhuma manifestação ou proposta do governo e dos empresários até o momento e a greve está confirmada.

— Até agora ninguém se manifestou. Vamos fazer uma paralisação por 24 horas em 100% dos serviços a partir da meia noite desta quarta.

A categoria pede o reajuste natural da inflação e os 3% de ganho real, o que representa um aumento de 7,88% no salário. Este acordo, segundo o sindicato, foi firmado há dois anos e tem validade até abril de 2013, mas até o momento não houve manifestação por nenhuma das partes. Além desse reajuste salarial, os rodoviários também pedem melhorias no trabalho e na segurança.

Segundo Farias, tanto os ônibus como os transportes das cooperativas ficarão parados e não sairão das garagens.

As atividades serão retomadas normalmente na sexta-feira (6) e uma nova assembleia está marcada para o próximo domingo (8). Nesta reunião, segundo o sindicato, a categoria vai analisar as possíveis propostas e manifestações do GDF (Governo do Distrito Federal) e das empresas para estudar negociações ou uma nova paralisação, por tempo indeterminado, a partir de segunda-feira (9).

A reportagem do R7 entrou em contato com a Secretaria de Transportes do DF que diz ainda não ter uma posição oficial sobre o assunto. No entanto, segundo a secretaria, a mobilização da categoria e dos empresários está sendo acompanhada e, se necessário, o governo fará intervenção.

Para o presidente do Setransp (Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros Coletivos do Distrito Federal), Wagner Canhedo Filho, o acordo coletivo já foi assinado e será cumprido, mas precisa de um posicionamento por parte do governo.

 

 

 

  • R7 Banda Larga é grátis. Experimente!
  • Veja todas as notícias do R7!
  • Revele suas fotos por R$ 0,28
  •  

     

    Veja Relacionados:  transporte, transito
    transporte  transito 
     
    Espalhe por aí:
    • RSS
    • Flickr
    • Delicious
    • Twitter
    • Digg
    • Netvibes
    • Facebook
    • Google
     
     
     
     

    Fechar
    Comunicar Erro

    Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

    Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
    Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!
    RSS