Distrito Federal

2 de Outubro de 2014

Notícias

Mulher se joga do carro em movimento para escapar de sequestro no DF

A vítima decidiu fugir quando viu uma ambulância

Do R7, com TV Record Brasília | 09/02/2013 às 13h41
Publicidade

Mais um morador de Brasília foi vítima de sequestro-relâmpago. Dessa vez, uma mulher foi abordada em Itapoã, no Paranoá – região administrativa do Distrito Federal, na manhã deste sábado (9), quando saia de casa para trabalhar.

De acordo com informações preliminares, um homem entrou no carro dela e outro rapaz foi dando cobertura em uma moto. Familiares da vítima contam que o homem dentro do veículo fazia constantes ameaças e se dizia menor de idade.

A moça tentou descer do carro quando eles pararam em um semáforo. No entanto, o rapaz que os seguiam na moto conseguiu impedi-la.

Leia mais notícias no R7 DF

Veja quais são os produtos mais vendidos nos sex shops do DF

Bombou no DF: mulher que deixou filho trancado no carro é um dos destaques da semana

Quando eles trafegavam pela DF-440, rodovia que passa pela região norte de Brasília, a mulher viu uma ambulância do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e decidiu se jogar do carro.

A ambulância parou quando viu a mulher caindo do carro e os dois rapazes fugiram.

A vítima está internada no Hospital do Paranoá com escoriações e uma perna quebrada. A 6ª DP (Delegacia de Polícia) está encarregada pelo caso. Agentes da Polícia Civil foram até o hospital, onde a vítima ainda está internada, ouvir o depoimento.
De acordo com a polícia, dois homens estão sendo investigados, mas ninguém foi preso até o momento.

Assista ao vídeo:

 Assista a todos os vídeos do Balanço Geral DF!

 
Veja Relacionados:  sequestro, relâmpago, ferida, suspeitos, Itapoã, Paranoá, Sobradinho
sequestro  relâmpago  ferida  suspeitos  Itapoã  Paranoá  Sobradinho 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!
RSS