Distrito Federal

18 de Abril de 2014

Notícias

Servidores da limpeza urbana do DF trabalham 30 horas semanais e recebem menos que um salário-mínimo

Direção da autarquia garante que, se somados, todos os benefícios chegam aos R$ 3 mil

Gustavo Frasão, do R7 | 08/05/2013 às 00h46
Publicidade

Os servidores do SLU (Serviço de Limpeza Urbana do Distrito Federal) trabalham 30 horas por semana e recebem menos que um salário-mínimo (R$ 578,00) na capital federal. A direção da autarquia confirmou este dado, mas garantiu que, apesar disso, a remuneração final dos trabalhadores, com todas as gratificações, ultrapassa os R$ 3 mil.

Mesmo assim, os colaboradores estão insatisfeitos e decidiram enviar um grupo à CLDF (Câmara Legislativa do DF) para discutir a melhora salarial e a revisão do plano de carreira enquanto a direção do SLU não se manifesta sobre o assunto.

O presidente da Câmara Legislativa, Wasny de Roure (PT-DF), recebeu os servidores na sala de comissões Pedro Duarte nesta segunda-feira (6) e explicou os próximos passos para que as propostas com as reinvindicações sejam encaminhadas e analisadas pelo estado.

Leia mais notícias no R7 DF

Durante o encontro, Wasny disse que a categoria terá que discutir uma proposta unificada com os sindicatos da classe e associações competentes antes das negociações com o GDF (Governo do Distrito Federal) avançarem, mas garantiu que vai lutar para que uma solução seja encontrada.

— Da minha parte e dos outros deputados envolvidos na questão, fica o compromisso de agendar uma reunião com a Secretaria de Administração para encontrarmos uma solução para as reivindicações de vocês.

Por isso, o Sindser (Sindicato dos Servidores e Empregados da Administração Direta, Fundacional, das Autarquias, Empresas Públicas e Sociedades de Economia Mista do DF), o Sindireta (Sindicato dos Servidores Públicos Civis da Administração Direta, Autarquias, Fundações e Tribunal de Contas do DF) e a ASLU (Associação Recreativa e Cultural dos Servidores da Limpeza Urbana do Distrito Federal) também estão intermediando as negociações entre os servidores, GDF (Governo do Distrito Federal) e SLU.

Os deputados distritais Arlete Sampaio (PT-DF), Eliana Pedrosa (PSD-DF) e Rôney Nemer (PMDB-DF) também estiverem presentes na reunião e manifestaram apoio aos trabalhadores.

No entanto, o presidente da Casa explicou que para que se tenha resultado positivo nas próximas negociações, toda a categoria deverá estar bastante unida.

Agora, a expectativa da categoria é que o GDF encaminhe alguma proposta com garantia de reposição salarial e as devidas revisões das atribuições dos servidores à CLDF, uma vez que praticamente todo o serviço público de limpeza urbana no DF é terceirizado.

Para Francisco das Chagas Neto, que trabalha no SLU há três anos, a autarquia é o único lugar onde os vencimentos pagos aos servidores são menores que o salário mínimo.

— Eu não conheço nenhum outro lugar no Brasil onde esse tipo de coisa aconteça. Pelo o que sei, é até mesmo ilegal, com previsão na própria Constituição Federal.

O diretor do Sindser, André Luis da Conceição, garantiu que está ao lado dos trabalhadores e que fará o possível para que os pedidos feitos pela categoria sejam conquistados.

— É hora de fazermos justiça com o SLU. O que pedimos é isonomia com as demais carreiras.

Em nota, o SLU disse que essa é uma pendência deixada de herança por outros governos, mas que está sendo negociada pelo atual. Apesar das reinvindicações, o SLU também afirmou que não existe previsão de paralisação dos trabalhadores. No entanto, caso aconteça, o serviço de coleta não será prejudicado por ser terceirizado.

A autarquia também garantiu que as empresas contratadas para prestar os serviços terceirizados atendem a todos os quesitos de segurança, saúde e higiene e que todos os servidores do SLU hoje trabalham na área administrativa, na sede ou nos núcleos distribuídos em várias regiões administrativas do Distrito Federal.

 
Veja Relacionados:  trabalhadores, serviço de limpeza urbana, slu, menos que um salário mínimo, balanço geral df
trabalhadores  serviço de limpeza urbana  slu  menos que um salário mínimo  balanço geral df 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!
RSS