Distrito Federal

31 de Outubro de 2014

Notícias

Mesmo com crédito, cartão do passe livre é recusado e estudante é obrigado a descer do ônibus no DF

Extrato mostrou que restavam R$ 77,00 no cartão, que deveria ser aceito

Gustavo Frasão, do R7, com a TV Record Brasília | 11/09/2012 às 11h13
Publicidade

O estudante Paulo Victor da Silva, de 14 anos, foi obrigado a descer do ônibus que andava na tarde desta segunda-feira (10) em Taguatinga, região administrativa do DF, porque o cartão de passe livre, que dá direito ao transporte coletivo aos alunos de escolas públicas e particulares, estaria sem crédito. No entanto, ao chegar em casa a família do adolescente descobriu que ainda restavam R$ 77,00 para serem utilizados.

Como o cartão foi recusado, Paulo teve que descer do coletivo. Ele contou que os demais amigos conseguiram seguir viagem tranquilamente.

— A cobradora falou que se não tivesse dinheiro para pagar a passagem seria obrigado a descer, porque não era a primeira vez que isso acontecia.

Há dois meses aconteceu o mesmo problema com o irmão de Paulo. O jovem teve o cartão recusado, desceu do ônibus e foi assaltado. O pai dos adolescentes, Marcos Antônio Santana, relata com o boletim de ocorrência em mãos o que aconteceu com o filho caçula.

— O cartão não passou e ele foi obrigado a descer. Teve que andar quase um quilômetro para chegar no Pistão Sul e no percurso foi abordado e assaltado por um homem armado. O bandido levou a mochila escolar e um aparelho de celular, colocando em risco a vida do meu filho por um erro que não existe.

Leia mais notícias no R7DF

Estudantes que tiverem cartão de passe livre bloqueado serão indenizados

DFTrans identifica fraude no uso do passe livre para deficientes e benefício pode ser suspenso

Estudantes terão que apresentar declaração escolar para usar passe livre aos sábados

No caso de Paulo, o cartão tinha R$ 77,00 de crédito disponível e não teria motivo para ser bloqueado. Santana foi até o posto do DFTrans (Departamento de Transporte Urbano do DF) de Samambaia, região administrativa do DF, e o cartão ficou retido no local, sem qualquer explicação.

O coordenador do Sistema de Bilhetagem Automática do DFTrans, Luiz Gonzaga da Rocha, não entendeu essa medida.

— Esse não é o procedimento padrão. Vamos chamar a atenção do nosso pessoal em Samambaia porque, por mais grave que seja o problema, o cartão é de propriedade do aluno e tem que estar com ele o tempo todo.

A promessa do coordenador é que o cartão seja devolvido até a próxima quarta-feira (12). Enquanto isso, a família cobra uma solução para o caso. A mãe dos jovens, Simone da Silva, quer a situação resolvida para não passar por novos constrangimentos.

— Não quero que isso aconteça de novo, porque tem sido frequente esse caso. Meus filhos entram no ônibus e são obrigados a descer em qualquer lugar por um erro que não é nosso.

Rocha explica que existem duas hipóteses para a recusa do cartão e garante que o caso será resolvido.

— A primeira é que o aluno não está habilitado para andar na linha. A segunda, é porque o ônibus está com indicativo de linha errada. Na primeira situação vamos analisar o cartão do aluno e corrigir o problema. No segundo caso, vamos chamar a operadora para que ela se explique.

Assista ao vídeo:

Assista a todos os vídeos do DF no Ar!

 
Veja Relacionados:  passe livre, cartão, benefício, transporte público, aluno, estudante
passe livre  cartão  benefício  transporte público  aluno  estudante 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!
RSS