Distrito Federal

23 de Abril de 2014

Notícias

Motorista de ônibus é preso acusado de desacato a policiais da Força Nacional

Ele teria furado uma blitz perto do presídio da Papuda

Do R7, com a TV Record Brasília | 06/12/2012 às 09h17
Publicidade

O motorista de um ônibus foi preso na tarde desta quarta-feira (5) acusado de desacatar policiais da Força Nacional. Ele teria furado uma blitz perto do presídio da Papuda, em São Sebastião, região administrativa do DF.

Os policiais envolvidos na confusão passaram a tarde na 30ª DP (São Sebastião), onde a ocorrência está registrada. Nenhum deles quis gravar entrevista, mas todos confirmaram que levaram o motorista para a delegacia por conta do suposto desacato. O motorista, por sua vez, negou.

Um outro rodoviário, que não quis se identificar, gravou as imagens por um celular mostrando o momento em que o motorista Rogério da Silva Souza aparece ao lado dos homens da Força Nacional. Em determinado momento ele demonstra revolta pela situação.

— Isso é um abusrdo, gente. O motorista foi detido em pleno horário de trabalho.

Leia mais notícias no R7 DF

Vandalismo e ação do tempo danificam 200 placas de trânsito por mês no DF

Trabalho e educação elevam qualidade de vida no DF, diz pesquisa da FGV

Em depoimento, o soldado da Força Nacional afirmou que o motorista furou a barreira feita por eles, mas o rodoviário disse que o bloqueio estava mal sinalizado. O ônibus seguia da Cidade Ocidental (GO), região do Entorno do DF, para a Rodoviária do Plano Piloto, área central de Brasília, e estava cheio no momento do conflito.

Por conta da prisão do motorista, todos os passageiros foram obrigados a mudar de ônibus. Horas depois, um outro colega de trabalho, que não quis ser identificado, defendeu Souza.

— Tinha uma barreira policial sem sinalização. São duas faixas e as duas estavam liberadas. Na faixa da direita, um agente da Força Nacional estava abordando carros e a da esquerda estava livre. O policial foi se aproximando devagarzinho para a faixa da esquerda e mandou parar o ônibus. Não teve desacato. Ele só falou que não ia calar a boca porque era trabalhador também e que não era culpa dele se a barreira estava mal sinalizada.

O motorista assinou um termo de compromisso e foi liberado logo em seguida.

Assista ao vídeo:

O Portal R7 está de cara nova. Clique aqui e conheça a maior home dos portais brasileiros!

 
Veja Relacionados:  desacato, autoridade, violência, motorista, trânsito, força nacional, policiais, polícia, ônibus, coletivo
desacato  autoridade  violência  motorista  trânsito  força nacional  policiais  polícia  ônibus  coletivo 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!
RSS