Distrito Federal

26 de Julho de 2014

Notícias

Mulher é assassinada ao abrir padaria em Luziânia

Polícia acredita que ela tenha reagido a assalto

Do R7, com TV Record Brasília | 08/01/2013 às 15h21
Publicidade

Uma mulher foi assassinada quando chegava com o filho para abrir a padaria em Luziânia (GO), região do entorno do DF, onde trabalhava há mais de dez anos. Vilma Coelho dos Santos, de 41 anos foi abordada por um homem armado, que pediu o celular dela. De acordo com a polícia, ela teria se negado a entregar o aparelho.

O filho da vítima, que não quis se identificar, disse que a mãe não reagiu, mas foi baleada mesmo assim. Ele diz que chegou a lutar com o ladrão, mas não conseguiu impedir que ele fugisse.

O marido da comercante, Cláudio Aparecido dos Santos, estava na fazenda da família quando soube do assassinato. Ele contou que a esposa já havia sofrido uma tentativa de homicídio em outubro do ano passado. Mas não sabe afirmar se a morte dela tem a ver com o primeiro crime.

Leia mais notícias no R7 DF

Mecânico é suspeito de usar carro de cliente para cometer assalto no Gama

Já o ex-marido, Orlando dos Santos, acredita que a mulher foi vitima de um crime encomendado.

O local do assassinato foi cercado para o trabalho da perícia, que chegou quase cinco horas depois do crime. Apenas o laudo do IML (Instituto Médico Legal) vai apontar o que, de fato, aconteceu. A polícia descarta a possibilidade de latrocínio, que é o roubo seguido de morte.

Assista ao vídeo:

O Portal R7 está de cara nova. Clique aqui e conheça a maior home dos portais brasileiros!

 
Veja Relacionados:  violencia
violencia 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!
RSS