Distrito Federal

19 de Abril de 2014

Notícias

Operação de combate a pirataria apreende 13 mil óculos na Feira dos Importados

Dez bancas foram autuadas e 15 pessoas foram detidas

Do R7, com TV Record | 25/01/2013 às 10h06
Publicidade

Uma operação da Secretaria de Ordem Pública e Social em parceria com a polícia, apreendeu na tarde da última quinta-feira (24), cerca de 13 mil óculos na Feira dos Importados, no SIA (Setor de Indústria e Abastecimento). O objetivo da ação foi combater a pirataria de óculos de grau e de sol, produtos bastante usados pelos brasilienses. Dez bancas foram autuadas.

Ao todo, 15 pessoas acabaram detidas. Elas foram levadas para o Departamento de Polícia Especializada, prestaram depoimento e foram liberadas porque a pirataria é considerada um crime de menor potencial ofensivo.

A pena prevista para esse tipo de crime vai de três meses a um ano de cadeia. Mas por trás da falsificação de produtos, quase sempre existem outros delitos mais graves, conforme explicou o major Carlos Chagas de Alencar, da Secretaria de Ordem Pública.

— A pirataria tem ligação com a lavagem de dinheiro, o tráfico de drogas, de armas, com homicídios, que é um câncer para a sociedade.

Leia mais notícias no R7 DF

Morador de rua acusado de matar homem carbonizado é preso no DF

Durante a ação, também foram apreendidos cinco mil DVD’s piratas e imitações de relógios de grandes marcas. Segundo a polícia, todas as mercadorias devem ser incineradas.

Assista ao vídeo:

 

 

O Portal R7 está de cara nova. Clique aqui e conheça a maior home dos portais brasileiros!

 

 
Veja Relacionados:  apreensão, produtos, piratas
apreensão  produtos  piratas 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!
RSS