Distrito Federal

28 de Agosto de 2014

Notícias

Polícia prende duas pessoas com 6.500 maços de cigarros contrabandeados

Delegacia especializada investiga ação de falsificadores

Do R7, com TV Record | 08/02/2013 às 12h59
Publicidade

Agentes da DCPim (Delegacia de Combate aos Crimes Contra a Propriedade Imaterial) prenderam nesta quinta-feira (7), duas pessoas pelo crime de contrabando ou descaminho em Ceilândia, região administrativa do DF. Com a dupla foram apreendidos cerca de 6.500 maços de cigarros que vieram do Paraguai e Uruguai.

Segundo o delegado-chefe da DCPim, Luiz Henrique Dourado Sampaio, após a prisão dos acusados, a polícia descobriu que 30% das lojas que vendem cigarro nas regiões administrativas recebiam esse material. Os comerciantes adquiriam os cigarros por R$ 1,20, e revendiam por R$ 2,50, abaixo do preço mínimo exigido por lei, que é de R$ 3.

Outra identificação dos produtos ilegais estava na falta do selo do Ministério da Saúde que orienta sobre os males do cigarro e as doenças causadas. Os receptadores investigados pela polícia também podem responder criminalmente.

Leia mais notícias no R7 DF

Operação Noturna apreende 4,5 mil mídias piratas na Estrutural

A Polícia Civil também desbaratou outros tipos de esquemas envolvendo produtos de origem ilegal no DF. A lista envolve bebidas alcoólicas, roupas, relógios, óculos e até suplementos alimentares.

Por conta das ações da DCPim, aumentaram as apreensões e prisões decorrentes de contrabando.

O Portal R7 está de cara nova. Clique aqui e conheça a maior home dos portais brasileiros!

 

 
Veja Relacionados:  apreensão, produtos, contrabando
apreensão  produtos  contrabando 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!
RSS