Distrito Federal

20 de Dezembro de 2014

Notícias

Veja os cartões postais de Brasília que podem ser visitados de graça

Passeio pode começar pelo Eixo Monumental, que reúne os principais pontos

Gustavo Frasão, do R7 | 29/03/2013 às 12h46
Publicidade

Projetada pelo arquiteto Oscar Niemeyer e pelo urbanista Lúcio Costa, Brasília oferece aos turistas opções de passeios gratuitos aos principais cartões postais. Com diversos prédios, monumentos e o traçado reconhecido mundialmente, os visitantes também podem fazer um roteiro gastronômico e conhecer os parques urbanos e naturais da capital federal.

A Setur (Secretaria de Turismo do DF) recomenda que os turistas comecem o passeio pelo Eixo Monumental, via que divide o Plano Piloto, área central de Brasília, de leste a oeste, ou de norte a sul, dependendo da posição. Em uma das extremidades fica a Esplanada dos Ministérios, principal cartão postal da cidade, com as sedes dos três poderes da República, representados pelo Palácio do Planalto, Congresso Nacional e STF (Supremo Tribunal Federal).

Neste percurso, pouco antes de chegar à Esplanada, é possível observar o Teatro Nacional e o Complexo da República. As paredes externas do teatro são revestidas por blocos de concreto desenhados por Athos Bulcão e dentro existem jardins projetados urbanisticamente por Roberto Burle Marx.

Leia mais notícias no R7 DF

Faça o quiz e descubra se você conhece os monumentos de Brasília

Templo da LBV é o ponto mais visitado de Brasília

Inaugurado somente em 2006, o Complexo da República estava previsto no projeto original de Niemeyer e é formado pelo Museu Nacional Honestino Guimarães e pela Biblioteca Nacional Leonel de Moura Brizola. Entre os edifícios, existe uma grande praça com espelho d´água (uma espécie de laguinho).

Poucos metros depois do Complexo da República, está localizada a Catedral de Brasília. O local foi restaurado recentemente e o acesso ao interior é liberado ao público das 8h às 17h, todos os dias.

Agenda

O Palácio do Itamaraty também reúne obras de Athos Bulcão e de outros artistas como Rubem Valentim e Sérgio Camargo, mas o acesso ao prédio é restrito. As visitas precisam ser agendas com antecedência. Durante a semana, é proibida a entrada de pessoas usando bermuda, camisa regata, roupas curtas ou chinelos. No anexo II do palácio existe um prédio em formato de círculo que ficou conhecido como "Bolo de Noiva".

O Congresso Nacional foi construído por dois blocos centrais que formam a letra "H". Existem duas cúpulas, uma de cabeça para cima e outra de cabeça para baixo, que representam os plenários da Câmara dos Deputados e do Senado Federal, além de vários prédios anexos. A Câmara tem quatro e é no anexo IV onde estão localizadas a maioria dos gabinetes dos parlamentares que representam o País. No 10º andar, está o espaço conhecido como Zumbi dos Palmares e diversas janelas panorâmicas que permitem uma visão privilegiada da capital federal. O acesso ao público é permitido todos os dias das 9h30 às 17h. Para isso, existem guias trabalhando, inclusive aos domingos e feriados, para grupos de até 15 pessoas. Caso esse número seja maior, é necessário agendar antecipadamente a visita.

Aqueles que desejam ver Brasília pelos céus, a Torre de TV, é uma das melhores opções. Localizada no centro da capital Federal, a Torre funcionará normalmente das 09h às 20h.

Um dos últimos monumentos feitos no centro do País é a Torre de TV Digital, mas conhecida como Flor do Cerrado. Seu funcionamento vai das 09h às 17h e cada visitante pode permanecer na obra durante 30 minutos.

 

 
Veja Relacionados:  turismo
turismo 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!
RSS