Distrito Federal

Distrito Federal

3/9/2013 às 17h17 (Atualizado em 3/9/2013 às 19h01)

Prisão do DF passa por reforma para receber possíveis réus do mensalão e outros políticos

Obras devem ser concluídas até dezembro

Do R7, com informações da TV Record

O local é destinado ao cumprimento de penas em regime semi-aberto Reprodução/TV Record Brasília

O CPP (Centro de Progressão Penitenciária) do Distrito Federal começou a ser reformado para possivelmente receber alguns réus do mensalão e empresários condenados pela Justiça. As obras devem ser concluídas até dezembro.   

O lugar, que é destinado ao cumprimento de penas em regime semi-aberto, é um dos prováveis destinos dos réus do mensalão. Quem também poderá ser transferido para o CPP é o empresário Wagner Canhedo, condenado por sonegação fiscal. Ele foi preso em casa.   

Leia mais notícias no R7 DF

Wagner Canhedo passa fim de semana em cela coletiva no Departamento de Polícia Especializada

De acordo com o subsecretário do Sistema Penitenciário, Cláudio Magalhães, o que é existe é uma separação dos presos com notoriedade.   

— Eu não posso misturar na massa carcerária um interno que seja parlamentar de notoriedade, ou um uma pessoa que tenha um poder econômico muito alto, um empresário, uma vez que ele pode ser vítima de extorsão.   

Segundo Magalhães, essa é uma questão de segurança.     

Mais vagas

O GDF (Governo do Distrito Federal) informou que até junho de 2014, serão abertas 600 novas vagas no CPP (Centro de Progressão Penitenciária), o que ampliará em 50% a capacidade atual do espaço, de 1,2mil detentos para 1,8 mil.

A licitação para a reforma do CPP, localizado no SIA (Setor de Indústria e Abastecimento), foi lançada em novembro de 2012, e a obra começou em abril deste ano, ao custo de R$ 3,4 milhões -recursos do próprio Governo do Distrito Federal.  

Todo sistema

Essa obra se soma a outras duas ampliações em unidades do sistema carcerário que devem ser iniciadas nos próximos meses, com recursos federais disponibilizados pelo Departamento Penitenciário Nacional.  

A primeira delas será no Centro de Detenção Provisória, no complexo da Papuda, que passará a oferecer 1.450 vagas contra as 1.050 atuais, numa obra orçada em R$ 12 milhões.  

A outra ampliação será na Penitenciária Feminina do Distrito Federal, mais conhecida como Colméia, no Gama, região administrativa do DF, que também terá 400 novas vagas em acréscimo às cerca de 500 vagas atuais. A previsão inicial do orçamento também é de R$ 12 milhões.  

As empresas responsáveis pelas duas obras foram selecionadas, e o prazo de conclusão de cada uma será de um ano a partir da assinatura da ordem de serviço.  

Para acolher presos em regime fechado, também há previsão de criação de 1,6 mil novas vagas na PDF2 (Penitenciária do Distrito Federal II), dentro do Complexo da Papuda, mas de acordo com a Subsecretaria de Sistema Penitenciário, esse é um projeto em fase inicial.  

Ainda há recursos disponíveis do Departamento Penitenciário Nacional na ordem de R$ 80 milhões, que serão captados em breve, segundo a Subsecretaria, para a construção de quatro novos Centros de Detenção Provisória na Papuda.

Veja o vídeo:

  • Espalhe por aí:

Veja também

Todas as notícias
Publicidade

Vitrine de ofertas

Compartilhe
Compartilhe
Consciência Negra

Racismo ocorre com frequência no DF. Relembre alguns casos

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Novo estilo de vida

Após viver experiência sexual mal sucedida, bióloga do DF emagrece 60kg

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Sem pudor

Pelados na rua e até cenas de sexo. Veja os desinibidos flagrados no DF

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Contra o câncer

Familiares e amigos raspam os cabelos para apoiar jovem em tratamento

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Decadência

Clubes, hospitais e até escola de guerra. Veja lugares abandonados no DF

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Eca!

Moradores do DF pedem fast food e encontram até barata na comida

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Veja o antes e depois

Impressionante: sete moradores do DF emagrecem juntos quase meia tonelada

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Polêmicas da Furacão da CPI

De briga com partido político a vídeo de sexo no Congresso. Veja todas

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
  • Últimas de Distrito Federal

  • Últimas de Notícias

X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!