Mulher chora pedras cristalizadas e desafia os médicos no interior de SP

Após 20 anos, misteriosas placas brancas que brotavam de dentro dos olhos desapareceram

Do R7

Após sofrimento, Laura parou de chorar pedrinhas de cristais Reprodução/ Rede Record

Uma professora de 34 anos, que mora em Lins, no interior de São Paulo, expele lágrimas cristalizadas há cerca de 20 anos. O caso, que ainda não tem registro na literatura médica, intriga os médicos. Pela primeira vez, em 2013, ela parou de chorar as pedrinhas de cristais

Desde os 15 anos, Laura Ponci procurava tratamento especializado. Ela usou vários antiobióticos, mas não obteve nenhum resultado satisfatório para curar a doença, já que as membranas continuavam se formando. Tudo isso no olho direito.

Há três meses, porém, as lágrimas cristalizadas pararam de escorrer dos olhos de Laura. Laura começou um novo tratamento no Hospital de Olhos em Bauru, uma cidade próxima à dela. O Domingo Espetacular acompanhou a primeira consulta.

Acompanhe a reportagem completa:

 

  • Espalhe por aí:
Publicidade

Vídeos

Carregando

Twitter

X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!
HORÁRIO DE DOMINGO ESPETACULAR NA RECORD: DOMINGO ÀS 19H20

Fale Conosco | Visite o R7