Garota de 11 anos sofre com racismo em cafeteria de São Paulo

Jorge e Tatiane tem dois filhos, Rafael e Isabela, que é adotada. Certa vez, estavam em uma cafeteria, em São Paulo, quando o segurança impediu a menina, de 11 anos, de ir ao banheiro alegando que ela era uma pedinte. De acordo com os pais, o segurança agiu dessa maneira pelo fato da garota ser negra. Acompanhe!

  • Espalhe por aí:

Últimos vídeos

Todos os vídeos
Video_box_small.ico
Video_box_small.ico
Video_box_small.ico
Video_box_small.ico
Video_box_small.ico

Vídeos

Carregando

Twitter

X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!
Access log
Access log