Anatel autoriza quatro operadoras de telefonia a aumentar preço das tarifas

Empresas terão que informar reajuste para a população por meio de campanhas publicitárias

De acordo com a Anatel, reajuste é menor do que a inflação dos últimos 10 anos
De acordo com a Anatel, reajuste é menor do que a inflação dos últimos 10 anos Marcello Casal Jr./Agência Brasil

A Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) autorizou o reajuste das tarifas locais e de longa distância dos planos básicos de telefonia fixa das operadoras Oi, Sercomtel e Telefônica, em 3,684%, e da Algar Telecom, em 4,546%.

Para que os novos valores sejam aplicados, é necessário que as prestadoras façam ampla divulgação publicitária nas localidades atendidas, com pelo menos dois dias de antecedência, informando sobre o reajuste.

Também foi aprovado aumento de 3,57% dos valores de crédito para orelhões administrados pelas quatro operadoras. Com isso, cada crédito passará a custar R$ 0,1305.

Brasil perde 500 mil orelhões e os que restam fazem apenas duas ligações por dia

Telefones públicos dão prejuízo de R$ 500 milhões por ano em média

De acordo com a agência, o reajuste ficou em 13,15% entre 2005 e 2015, variação inferior à da inflação no mesmo período, quando o IGP-DI (Índice Geral de Preços Disponibilidade Interna) registrou variação de 70,98%, informou por meio de nota a Anatel.

Leia mais notícias de Economia e ajuste suas contas