Economia

18/12/2013 às 09h01 (Atualizado em 18/12/2013 às 09h26)

Assembleia Legislativa aprova salário mínimo em São Paulo de até R$ 820

Congresso também aprovou o Orçamento de 2014 na madrugada desta quarta-feira

Do R7, com o Estadão Conteúdo

Reajustes vão para sanção do governador Geraldo Alckmin Marcello Casal Jr./ABr

A Assembleia Legislativa de São Paulo aprovou um projeto de lei que prevê um piso salarial de até R$ 820 para alguns trabalhadores no Estado a partir do dia 1° de janeiro de 2014.

O novo mínimo atinge operadores de máquinas, carteiros, tintureiros, vendedores, pedreiros, operadores de telemarketing.

Já para trabalhadores da iniciativa privada que se enquadre nas categorias domésticos, agropecuários e florestais, pescadores, contínuos, serventes, motoboys e demais empregados não especializados do comércio, da indústria e de serviços administrativos, o mínimo será de R$ 810.

Os reajustes agora vão para a sanção do governador Geraldo Alckmin (PSDB). As duas faixas são de categorias que não têm piso definido por lei federal, convenção ou acordo coletivo. Segundo o governo paulista, os pisos atingem aproximadamente 7 milhões de trabalhadores no Estado.

Leia mais notícias de Economia

Orçamento de 2014

O plenário do Congresso aprovou, na madrugada desta quarta-feira (18), a proposta de LOA  (Lei Orçamentária Anual) para 2014 (PLN 9/13). O relator-geral da proposta, deputado Miguel Corrêa (PT-MG), disse que o Orçamento de 2014 reflete um amplo entendimento dos parlamentares.

O texto eleva o investimento público em R$ 900 milhões para o próximo ano e mantém despesas com pessoal. O salário mínimo previsto para entrar em vigor a partir de 1º de janeiro do ano que vem é de R$ 724. Corrêa remanejou recursos para viabilizar um aumento de R$ 1,10 em relação aos R$ 722,90 previstos na proposta enviada pelo Executivo. 

  • Espalhe por aí:

Veja também

Todas as notícias
Publicidade
X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!