Gavilon do Brasil avança nas vendas de grãos e tem alta de 76% na receita

SÃO PAULO (Reuters) - A receita líquida da Gavilon do Brasil totalizou 3,1 bilhões de reais no ano fiscal de 2016, encerrado em março de 2017, montante 76 por cento maior na comparação com o do ciclo anterior, segundo balanço de resultados da companhia divulgado nesta segunda-feira.

A alta foi puxada pela comercialização 61 por cento maior de grãos (soja, milho e trigo), com 3,1 milhões de toneladas.

O resultado é reflexo da estratégia de negócios implementada pela empresa ao longo do período, com a abertura de diversos escritórios regionais e filiais nos principais Estados produtores, explicou em nota a empresa norte-americana com sede em Omaha (Nebraska).

"O modelo da expansão da Gavilon do Brasil, baseado na presença física nas principais regiões produtoras, estrutura de baixo custo, parcerias comerciais e equilíbrio operacional, mostra-se bastante acertado num período marcado pela instabilidade do cenário político-econômico do país e da volatilidade do câmbio", disse o presidente da Gavilon do Brasil, Fabricio Mazaia.

No Brasil, a empresa exerce atividades de originação, armazenagem, logística e distribuição de grãos.

None

(Por José Roberto Gomes)