R7 - Notícias

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

1 de Agosto de 2014

Você está aqui: Página Inicial/Notícias/Economia/Notícias

Icone de Economia Economia

publicado em 15/10/2011 às 05h45:

Após acordo pelo fim da greve, bancos só
devem voltar a funcionar na terça-feira (18)

Para ser aprovada, proposta precisa passar por assembleias, que ocorrem na segunda-feira

Do R7


Publicidade

Neste sábado (15), a greve dos bancos completa 19 dias e deve chegar ao 21º porque as agências só devem reabrir na próxima terça-feira (18). Apesar do acordo fechado entre a Contraf-CUT (Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro) e a Fenaban (Federação Nacional dos Bancos), a proposta ainda precisa passar pelas assembleias nos 26 Estados brasileiros e no Distrito Federal.

Na noite de sexta-feira (14), a federação e a entidade que representa os trabalhadores entraram em consenso após paralisação que começou no dia 27 de setembro. 

A proposta dos bancos é reajustar os salários em 9% (aumento real de 1,5%) a partir de 1º de setembro de 2011, piso salarial para caixas para R$ 1.900 (para jornadas de seis horas), piso salarial de R$ 1.400 (aumento real de 4,3%) para escriturários e melhoria na PLR (Participação nos Lucros e Resultados) - com limite de 2,2 salários mais R$ 2.800, segundo presidente da Contraf, Carlos Cordeiro. 

Além disso, haverá reajustes nos benefícios dos trabalhadores. Segundo a Fenaban, o vale-refeição sobe para R$ 19,78 por dia, o vale-alimentação passa para R$ 339,08 por mês, além da 13ª cesta no mesmo valor, e o auxílio-creche mensal fica em R$ 284,85 por filho de até 6 anos. 

Em conversa com o R7, Cordeiro afirmou que a confederação vai "orientar as assembleias [de funcionários] a aceitar a proposta e colocar fim à greve". No entanto, ele confirmou que as assembleias serão realizadas na segunda-feira, o que impede a reabertura imediata das agências. Se a proposta passar (o que provavelmente vai acontecer), os bancos voltam a atender o público na terça-feira (18).

O último balanço oficial da Contraf apontou que 9.090 agências bancárias aderiram à paralisação - o que representa 45% do total de agências do país. O pico de 2010 parou 8.278 agências em todo país. De acordo com o sindicato da categoria de São Paulo, Osasco e região, 42,4 mil bancários cruzaram os braços durante a paralisação.

Suas contas

Existem alternativas para pagar as contas durante a paralisação dos bancários - internet, caixa eletrônico, telefone, lotérica e até lojas e supermercados. Você pode fazer a maioria das operações no caixa eletrônico. Há 179 mil caixas eletrônicos espalhados pelo país, segundo a Fenaban e os endereços estão em www.febraban.org.br/buscabanco. 

Quem tem dívidas a pagar e não possui cartão para uso em caixa eletrônico pode encontrar ajuda em lotéricas, lojas e supermercados podem ajudar, já que são correspondentes bancários e aceitam a quitação de diversas contas. A Febraban diz que 165 mil correspondentes estão aptos a atuar como bancos. Esses postos permitem até pequenos saques em espécie. 

No caso das contas de tarifas públicas, como água, telefone, e energia, a orientação é procurar as empresas que fornecem esses serviços e negociar uma saída. Além dos correspondentes, há o débito direto autorizado (que depois é liberado na conta-corrente pelo caixa eletrônico) e o débito automático que permitem o pagamento.

Se as contas estiverem atrasadas, o cálculo de taxas de multas é feito pelas próprias empresas e o valor extra virá na fatura do mês seguinte. 

A vida sem banco
Quais os outros canais para o cliente em meio à greve dos bancários

O que se faz na 'boca do caixa'... ...e o que pode ser feito em outros lugares
Internet Caixa eletrônico Telefone Correspondente (lojas, lotéricas e supermercados*)
Depósito
Pagamento de boleto a vencer do banco
Pagamento de conta de consumo
Saque com cartão
Pagamento de boleto a vencer de outro banco
Consulta de saldo
Pagamento de impostos e taxas
Desbloqueio de cartão
*Consulte o correspondente sobre a operação buscada
Fonte: Febraban
Veja Relacionados:  greve,bancos,bancários,paralisação
greve  bancos  bancários  paralisação 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping