R7 - Notícias

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

17 de Abril de 2014

Você está aqui: Página Inicial/Notícias/Economia/Notícias

Icone de Economia Economia

publicado em 18/10/2011 às 13h09:

Bancos voltam a funcionar hoje
na maioria das cidades do país

Após 21 dias de greve, sindicatos aceitaram propostas de reajuste. Veja o balanço

Do R7*


Publicidade

Nesta terça-feira (18), a maioria dos bancários retoma os trabalhos após 21 dias de greve. A Contraf-CUT (Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro) informou que boa parte dos sindicatos da categoria aprovou na noite de segunda-feira (17) a proposta apresentada pela Fenaban (Federação Nacional dos Bancos), assim como as específicas do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal.

Leia mais notícias no R7

Funcionários de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Bahia, Mato Grosso, Pernambuco, Alagoas, entre outros, voltam ao trabalho hoje.

Parte dos bancários de Porto Alegre mantêm a greve e ainda realizam assembleias nesta terça. Em Belém, os servidores do Banco do Brasil aprovaram a proposta e os da Caixa, rejeitaram. As negociações continuam.

Os funcionários do Banrisul, Banco da Amazônia, BNB (Banco do Nordeste do Brasil) e Banese (Banco do Estado de Sergipe) continuam paralisados.

Durante a greve, 9.254 agências em todo país deixaram de funcionar. A Contraf-CUT recomendou, na sexta-feira (14), aos sindicatos que aceitassem um reajuste salarial entre 9% e 12%, além da ampliação em até 27,18% dos valores pagos referentes à participação dos trabalhadores nos lucros e resultados (a chamada PLR). Pela proposta estabelecida pela Fenaban, o valor do piso sobe de R$ 1.250 para R$ 1.400 e já é válido a partir de 1º de setembro.

Veja a situação em alguns Estados:

Rio de Janeiro

O Sindicato dos Bancários do Rio de Janeiro informou no fim da manhã desta terça-feira (18) que todo efetivo de funcionários que estava em greve já retornou às atividades.

A adesão fluminense à paralisação foi de 65%. O órgão afirmou também que devido à grande quantidade de dias sem atendimento é comum as agências estarem com um fluxo maior de clientes. Fica a critério de cada unidade a decisão de reforçar, ou não, a equipe de atendimento.

Na avenida Presidente Vargas, uma das principais do centro do Rio de Janeiro, as agências do Bradesco, Santander, Itaú e Banco do Brasil estavam cheias pela manhã, mas não havia tumulto.

São Paulo

Mais de 3.000 trabalhadores de São Paulo participaram das assembleias de segunda e aprovaram as propostas da Fenaban, Caixa Federal e do Banco do Brasil, de acordo com o sindicato.

A greve chegou a contar com a participação de 42 mil bancários na Grande São Paulo. Nesta terça, 100% dos funcionários retomam as atividades.

Minas Gerais

Os bancários mineiros decidiram encerrar a paralisação da categoria nesta segunda-feira (17). Segundo o último balanço divulgado pelo Sindicato dos Bancários de Belo Horizonte e Região, 88% das agências da capital e do interior de Minas Gerais permaneciam fechadas até sexta-feira (14).

Rio Grande do Sul

Os funcionários do Banco do Brasil de Porto Alegre, da região metropolitana e do Vale do Caí decidiram, nesta terça-feira (18), encerrar a greve iniciada há mais de 20 dias.

A categoria realizou uma assembleia nesta manhã, na sede do SindBancários, no Centro de Porto Alegre, e em Montenegro. As agências devem abrir às 13h. Já na região de Rio Pardo, onde os trabalhadores seguem parados, uma reunião deve ser realizada à tarde, segundo a Fetrafi (Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras em Instituições Financeiras).

Os trabalhadores do Banrisul e da Caixa Econômica Federal seguem paralisados. A instituição financeira gaúcha está reunida com um grupo de servidores para negociar o fim da greve. A rua Caldas Júnior, com a Siqueira Campos, onde fica a sede central, está bloqueada. Já os servidores da Caixa realizam assembleia prevista para as 15h desta terça-feira, na capital e em Ijuí.

Os bancos privados retomaram, ao meio-dia dessa segunda-feira, o atendimento nas agências de Porto Alegre e da região metropolitana.

Mato Grosso do Sul

Os 1.650 bancários de Campo Grande encerraram a greve ontem. De acordo com a presidente do Sindicato dos Bancários de Campo Grande, Iaci Torres, todas as agências voltaram a funcionar normalmente.

As agências voltam a atender das 11h às 16h e não haverá horário especial para o público para compensar os dias de greve. No entanto, os funcionários vão compensar os dias parados com trabalhos internos.

- Haverá compensação até o dia 15 de dezembro, os funcionários vão trabalhar duas horas por dia.

Segundo a presidente, os clientes não tiveram muitos prejuízos, já que os sindicalistas ficaram em frente às agências e orientavam o público para ir para outras unidades que estavam funcionando.

* Com informações do R7 Rio, Hoje em Dia, Correio do Povo e MS Record


Veja Relacionados:  bancos, greve, sindicatos, bancários
bancos  greve  sindicatos  bancários 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping
Blu-Ray Player Blu-Ray Pl Saraiva R$ 299,00
Fogão Fogão Mania Vi R$ 580,41
Blu-Ray Player Blu-Ray Pl Saraiva R$ 449,00
Monitor Monitor Wal-Mart R$ 348,00