R7 - Notícias

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

27 de Maio de 2016

Você está aqui: Página Inicial/Notícias/Economia/Notícias

Icone de Economia Economia

publicado em 27/01/2010 às 11h24: atualizado em: 27/01/2010 às 15h01

Caixa bate recorde de R$ 47 bi em crédito imobiliário

Volume de empréstimos para habitação foi o dobro registrado em 2008 pelo banco

Raphael Hakime, do R7

Os financiamentos habitacionais realizados pela Caixa Econômica Federal alcançaram a marca de R$ 47,05 bilhões em 2009, volume de crédito 102% superior ao registrado em 2008, segundo dados divulgados nesta quarta-feira (27). Desse total, R$ 14,1 bilhões foram destinados ao programa Minha Casa, Minha Vida, que oferece financiamentos voltados à baixa renda.

Ao todo, 896.762 mil famílias foram atendidas em 2009, sendo 275.528 pelo programa Minha Casa, Minha Vida. O volume de empréstimos da Caixa representou 71% de todo o crédito disponível no mercado para o setor.

As famílias com renda de até três salários mínimos (R$ 1.530) foram as mais atendidas pelo Minha Casa, Minha Vida, em 2009. Ao todo, foram fechadas 168.926 propostas de construção, o equivalente a 42% da meta estabelecida pelo governo federal.

Em 2009 foram contabilizadas para esta faixa de renda um total de 393.780 propostas,  que representavam 98% da meta do governo.  Até 31 de dezembro, o total de propostas apresentadas para todas as faixas de renda chegou a 656.368 unidades, ou seja, 66% da meta. 

O Minha Casa, Minha Vida é um programa de habitação lançado pelo governo federal em março de 2009 que tem a meta de construir 1 milhão de casas até 2012. O objetivo é beneficiar famílias que recebam até dez salários mínimos por mês, ou até R$ 5.100.

Do total de 1 milhão de casas, 400 mil moradias são para famílias que recebem até três salários mínimos (até R$ 1.530). Outras 400 mil são para quem tem renda de até seis salários mínimos (R$ 3.060) e mais 200 mil para quem tem renda entre seis e dez mínimos.

O investimento total previsto pelo programa é de R$ 34 bilhões. Desse total, R$ 16 bilhões serão usados para subsidiar a construção de moradias para as pessoas que ganham até três salários mínimos, além de oferecer custo zero no seguro habitacional e na emissão de documentos em cartórios.

FGTS

As linhas de crédito com recursos do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) atingiram R$ 9,4  bilhões, 109% a mais que em 2008. A quantidade de unidades aumentou 31%, saindo de 110.021 em 2008 e chegando a 144.309 em 2009.

Os recursos investidos no financiamento de imóveis usados aumentaram 36% no ano passado, saltando de R$ 5,74  bilhões  em 2008 para R$ 7,84 bilhões em 2009. No total, o financiamento com recursos do FGTS cresceu 65%, correspondendo a 284.791 novos contratos.

Nos empréstimos com recursos da poupança o valor chegou a R$ 19,4 bilhões, 108% a mais do que em 2008. Desse total, foram financiadas 153.181 unidades.  No Construcard, que também utiliza recursos da poupança, os investimentos chegaram a mais de R$ 3,6  bilhões. Em comparação com 2008, houve crescimento de até 172%, passando de 103.204 financiamentos para 301.933 em 2009.

Faltam terrenos 

A Caixa admitiu que faltam terrenos bem localizados e com bons preços no mercado. O problema é mais intenso nas grandes cidades, sobretudo no Rio de Janeiro e em São Paulo. O vice-presidente da Caixa, Jorge Hereda, lembrou que a lei da oferta e da procura impera nessas cidades com mais intensidade. 

- O mercado é desse jeito. É óbvio que em São Paulo e em outras grandes cidades do país seja difícil encontrar propostas [de terrenos] compatíveis. 

Hereda sugeriu que as cidades discutam o plano diretor das cidades e considerem “os espaços para os pobres”. 

- Tem que ter lugar para o pobre na cidade. Quando se discute o plano diretor, a imprensa deve checar se estão reservando terras para este público. Ter muita habitação é bom, mas o impacto sobre as cidades existe.


 
Veja Relacionados:  caixa econômica federal,financiamento imobiliário,recorde,2009
caixa econômica federal  financiamento imobiliário  recorde  2009 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping