R7 - Notícias

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

24 de Outubro de 2014

Você está aqui: Página Inicial/Notícias/Economia/Notícias

Icone de Economia Economia

publicado em 19/10/2010 às 16h40:

Entenda o que são e para que servem os impostos

Dinheiro banca obras de infraestrutura, além de pagar salários de funcionários públicos

Do R7

Publicidade

Os impostos são tarifas que o brasileiro paga – direta ou indiretamente - aos governos municipal, estadual e federal. Os tributos são pagos diretamente pelo contribuinte ou de forma indireta, quando as taxas estão embutidas nos preços das mercadorias ou dos serviços prestados por uma determinada empresa. 

Basicamente, o dinheiro é usado para construir obras de infraestrutura - como pontes, estradas, usinas hidrelétricas, casas populares, saneamento básico - ou para contratação ou reajuste de salários de funcionários públicos. 

Por isso, teoricamente, quando a arrecadação do governo aumenta, o país conta com uma garantia maior para dar andamento a novos empreendimentos públicos e aumentar o quadro de funcionários do Estado - o que deveria resultar na melhora dos serviços prestados e da qualidade de vida da população. 

Nos últimos 12 meses, o Brasil acumula recordes seguidos de arrecadação de impostos. Os resultados positivos se devem ao aquecimento da economia, que conta com o apoio do bom nível de renda do trabalhador, além da criação de novas vagas de emprego. 

Com esse cenário, o governo amplia o volume de dinheiro recolhido com impostos porque as empresas aumentam o quadro de funcionários - que têm desconto de tributos na folha de pagamento - e os consumidores compram mais produtos, que já vêm com impostos embutidos.

Os principais impostos municipais recaem, sobretudo, sobre a posse de imóveis e sobre serviços prestados por empresas de uma determinada cidade. São exemplos o o ISS (Imposto sobre Serviços), IPTU (Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana), ITBI (Imposto sobre a Transmissão de Bens Imóveis). 

Já no âmbito estadual, as taxas mais comuns são aquelas que incidem sobre a circulação de produtos e veículos dentro do território. Os principais são o ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços), IPVA (Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores) e ITCMD (Imposto sobre Transmissões Causa Mortis e Doações de Qualquer Bem ou Direito). 

Por fim, os impostos federais atingem operações financeiras, como o mercado de ações, por exemplo, salários dos trabalhadores e o comércio de mercadorias com outros países, entre outros. 

Os mais conhecidos no âmbito federal são o II (Imposto sobre Importação), IE (Imposto sobre Exportação), IR (Imposto de Renda), IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados), IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) e ITR (Imposto Territorial Rural).


 
Veja Relacionados:  entenda,impostos,tarifas,tributos,taxas,governo
entenda  impostos  tarifas  tributos  taxas  governo 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping