R7 - Notícias

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

22 de Dezembro de 2014

Você está aqui: Página Inicial/Notícias/Economia/Notícias

Icone de Economia Economia

publicado em 01/01/2011 às 10h01:

Estônia passa a usar o euro como moeda

Ex-república soviética se tornou neste sábado o 17º país da Zona do Euro

AFP


Publicidade

Estônia tornou-se oficialmente à meia-noite local (20h em Brasília) desta sexta-feira (31) o 17º país da União Europeia a adotar o euro como moeda. O momento histórico foi celebrado com uma grande queima de fogos em Tallinn.

O primeiro-ministro estoniano, Andrus Ansip, lembrou que seu país "é o mais pobre da Zona do Euro".

- Temos muito a fazer agora que atingimos nosso objetivo de integração.

Ansip sacou a primeira nota de euro em um caixa eletrônico especialmente instalado para a ocasião na Ópera Nacional de Tallinn.
O país báltico, com 1,3 milhão de habitantes, despede-se assim da coroa estoniana, moeda que substituiu o rublo em 1992, quando a Estônia se separou da União Soviética.

No momento em que escapa de maneira exemplar de uma profunda recessão, a Estônia entra para a zona do euro em meio à pior crise desde a criação da moeda, em 1999, por causa do grande endividamento de muitos países membros.

Como 17º integrante da Zona do Euro, Estônia é o terceiro ex-Estado comunista a adotar a moeda europeia, depois de Eslovênia, em 2007, e Eslováquia, em 2009.

Mudança deve acelerar crescimento, prevê ministro

O governo de centro-direita da Estônia, que aplicava uma política econômica rigorosa antes da crise mundial, considera que a mudança para o euro é vantajosa e constitui uma fase lógica para uma pequena economia aberta ao mundo.

Segundo o governo, o Fundo Monetário Internacional (FMI) indica que a troca para o euro deverá acelerar o crescimento entre 0,15% e 1% ao ano, ao longo das próximas duas décadas.Cerca de 80% do comércio exterior do país é realizado dentro da UE.

O governo vê vantagens no mercado comum, com os empresários estonianos podendo vender seus produtos mais facilmente, criando empregos.

País sofreu uma das maiores recessões do mundo

A Estônia, chamada de "tigre do Báltico" pela rápida passagem de uma economia centralizada à de mercado e por seu forte crescimento, já havia tentado fazer parte da zona euro em 2007, mas foi impedida pela inflação elevada.

A economia do país registrou em 2009 uma recessão de 14,1% - uma das maiores do mundo - em consequência da crise global, mas a previsão de crescimento do PIB (Produto Interno Bruto) é de 2,5% para 2010 e de 3,9% para 2011.

Com a integração da Estônia, a zona do euro passa a ter 330 milhões de habitantes.

Segundo a agência europeia de estatísticas Eurostat, no ano passado a zona euro teve um PIB de 9 trilhões de euros (R$ 20 trilhões), inferior ao dos Estados Unidos, mas acima do resultado de China e Japão.

Veja Relacionados:  estonia, euro, moeda, zona do euro
estonia  euro  moeda  zona do euro 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping