R7 - Notícias

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

27 de Maio de 2016

Você está aqui: Página Inicial/Notícias/Economia/Notícias

Icone de Economia Economia

publicado em 19/03/2013 às 20h06:

FGTS tem orçamento recorde para 2013

Receita do fundo atingiu R$ 25,9 bilhões contra R$ 19,5 bilhões em despesas

Do R7

Publicidade

As receitas do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) para este ano chegaram a R$ 25,9 bilhões contra 19,5 bilhões de despesas, o que gerou um resultado operacional de R$ 6,4 bilhões, informou nesta terça-feira (19) o MTE (Ministério do Trabalho e Empresa).

De acordo com o balanço do ano passado, apresentado hoje a conselheiros pelo Ministério das Cidades e pela Caixa, os ativos do FGTS alcançaram R$ 325,3 bilhões — um crescimento de 12% em relação a 2011, que alcançou R$ 290,3 bilhões.

O patrimônio líquido do Fundo, que seria o montante excedente caso o FGTS tivesse de pagar todas as contas vinculadas de uma vez, chegou em 2012 à marca de R$ 54,8 bilhões, um aumento de 33%.

Além desse resultado, o balanço do ano passado mostrou ainda que em 2012 houve a reversão de R$ 7,4  bilhões provisionados para pagamento de despesas oriundas da Lei Complementar nº 110, de 2001.

Dessa forma, o resultado final do Fundo registrou R$ 13,8 bilhões no exercício passado. O FI-FGTS fechou o ano com aplicação de R$ 25,6 bilhões e rentabilidade anual de 5,27%.

O ministro do Trabalho e Emprego, Manoel Dias, que presidiu nesta terça-feira (19) a 133ª reunião do Conselho Curador do FGTS, afirmou:

— Vamos investir para colocar os trabalhadores em contato com as novas tecnologias e na implantação das políticas de emprego e renda.

O ministrou destacou ainda a importância das políticas promovidas pelo FGTS, que investe recursos nas áreas de habitação, saneamento e infraestrutura urbana.

De um orçamento final de R$ 37,6 bilhões que o Fundo teve para investimento em habitação popular, foram executados R$ 35,1 bilhões (93%). Em relação aos R$ 6,8 bilhões destinados a descontos em financiamentos para famílias de baixa renda, R$ 6,6 bilhões (97%) foram contratados, com maior peso relativo nos financiamentos concedidos nas regiões Norte e Nordeste.

As áreas de saneamento e infraestrutura, que aplicam recursos ao financiamento dos programas Saneamento para Todos e Pró-Transporte, com R$ 5 bilhões cada e prazo para aplicação dos recursos até julho deste ano, executaram no ano passado cerca de 13% do orçamento.
 

 

Veja Relacionados:  r7, economia, FGTS
r7  economia  FGTS 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping