R7 - Notícias

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

25 de Outubro de 2014

Você está aqui: Página Inicial/Notícias/Economia/Notícias

Icone de Economia Economia

publicado em 26/06/2010 às 10h34:

G8 e G20 estão longe de acordo para
ajudar países em desenvolvimento

Países desenvolvidos têm dificuldade de discutir taxa sobre transações financeiras

AFP

Defendida pela França e a Alemanha, a criação de uma "contribuição sobre as transações financeiras" voltadas para aumentar a ajuda pública ao desenvolvimento, está longe de conseguir a unanimidade entre as grandes potências.

A questão será abordada durante uma cúpula do G20 (os oito mais mais industrializados mais os principais estados emergentes) que será inaugurada neste sábaddo e vai durar 24 horas na cidade canadense de Toronto.

 

Os Estados Unidos, preocupados em impedir todos os entraves ao capitalismo, não aprovam a ideia desta taxa, mas, sem os americanos, o projeto corre o risco de ir por água abaixo.

Na sexta-feira (25),  a chanceler alemã, Angela Merkel admitiu:

- Mantivemos discussões bilaterais até agora, mas temos a impressão de que outros países não partilham a atitude positiva da Europa a respeito.

Com o presidente francês Nicolas Sarkozy, a chanceler assinou uma carta recente enviada ao premier canadense Stephen Harper defendendo esta taxa e seu debate na reunião de cúpula do G8 e do G20.

Merkel comentou:

- Conversei com o primeiro-ministro japonês e devo dizer que ele não se mostrou muito animado. Espero um apoio maior dos países emergentes.

Estados Unidos, Canadá, Japão são três pesos pesados do G8, e será difícil chegar a um consenso, sem o apoio deles para uma questão, amplamente apoiada por Organizações Não Governamentais e sindicatos.

"Mais de 150.000 cidadãos de todo o mundo assinaram uma petição para exigir do G20 a criação desta taxa", destacam em nota várias ONGs, entre elas Oxfam, Attac e Care.

Para seus defensores, a taxação sobre as transações financeiras seria indolor. Alguns falam de uma taxa de 0,005% sobre o fluxo de capital, as negociações em bolsa e as transferências de dinheiro, o que poderá representar várias dezenas de milhares de dólares por ano, estimam.

 


 
Veja Relacionados:  G8, G20, desenvolvimento, transações financeiras
G8  G20  desenvolvimento  transações financeiras 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping