R7 - Notícias

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

20 de Outubro de 2014

Você está aqui: Página Inicial/Notícias/Economia/Notícias

Icone de Economia Economia

publicado em 26/02/2013 às 16h51:

Gasto com plano de saúde atinge maior alta desde 2007

Custo individual do serviço cresceu 16,4% entre 2011 e 2012

Do R7

Publicidade

As despesas com planos de saúde individuais encareceram 16,4% entre os meses de junho de 2011 e 2012 comparados com o mesmo período dos anos anteriores (2010-2011), de acordo com os dados divulgados nesta terça-feira (26) pelo IESS (Instituto de Estudos de Saúde Suplementar).

Esse é o maior resultado apresentado pelo índice VCMH (Variação de Custos Médico-Hospitalares) desde 2007, quando a pesquisa teve início. Como comparação, no mesmo período, a variação do IPCA, ou seja, quanto variou em média o índice utilizado pelo governo para medir a inflação geral, fechou em 6,1%.

O estudo leva em conta as despesas individuais que as operadoras têm com consultas, exames, terapias e internações de beneficiários em planos individuais de saúde. É uma medida da variação do custo médico-hospitalar de operadoras de planos de saúde.
Luiz Augusto Carneiro, superintendente-executivo do IESS, ressalta o aumento observado: 

— Historicamente, o VCMH/IESS é sempre superior à variação do IPCA, no Brasil e em outros países, como Estados Unidos e os membros da União Europeia. O que chama atenção, neste momento, é que nunca houve uma diferença tão alta quanto agora, superior a 10 pontos porcentuais.

Entre os grandes grupos de procedimentos, a principal variação ficou com as internações, com variação de 16,6% no período, enquanto as variações dos custos com terapias aceleraram 15,1%; com consultas, 13,3%; e 9,8% com exames.

Quanto à faixa etária dos beneficiários, observa-se no estudo que a faixa etária de 0 a 18 anos teve um crescimento de 1,5%, e de 59 anos ou mais, de 1,7%, no mesmo período. São esses grupos, de crianças e idosos, que mais utilizam serviços de saúde comparados ao restante da população.

No geral, os beneficiários de planos de saúde acompanhados pelo estudo são mais idosos do que a população em geral. A amostra mostra que 23,5% dos beneficiários têm mais de 59 anos, enquanto na população brasileira esse percentual é de 10,8% (Censo 2010).

 

Veja Relacionados:  plano de saúde, r7 , reajuste
plano de saúde  r7   reajuste 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping