R7 - Notícias

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

18 de Dezembro de 2014

Você está aqui: Página Inicial/Notícias/Economia/Notícias

Icone de Economia Economia

publicado em 05/02/2013 às 08h07: atualizado em: 05/02/2013 às 08h12

Inflação dos bens de consumo e das matérias-primas sobe em ritmo menor em janeiro

IGP-DI marcou alta de 0,31% perante 0,66% em dezembro

Reuters, com R7

Publicidade

A inflação dos bens de consumo e das matérias-primas, calculada pelo IGP-DI (Índice Geral de Preços-Disponibilidade Interna) subiu 0,31% em janeiro, ante elevação de 0,66% em dezembro, informou a FGV (Fundação Getulio Vargas) nesta terça-feira (5).

Em janeiro de 2012, a variação foi semelhante, de 0,30%. Em 12 meses, o IGP-DI variou 8,11%. 

O IPA (Índice de Preços ao Produtor Amplo), que calcula os preços na porta da fábrica, manteve a variação de dezembro, de 0,74%. 

Já o IPC (Índice de Preços ao Consumidor) acelerou e registrou variação de 1,01%, em janeiro, ante 0,66%, no mês anterior. 

O INCC (Índice Nacional de Custo da Construção) também subiu em ritmo maior e registrou, em janeiro, taxa de variação de 0,65%, acima do resultado do mês anterior, de 0,16%.

O índice é formado pelo IPA-DI (Índice de Preços por Atacado - Disponibilidade Interna), IPC-DI (Índice de Preços ao Consumidor - Disponibilidade Interna) e INCC-DI (Índice Nacional do Custo da Construção - Disponibilidade Interna), com pesos de 60%, 30% e 10%, respectivamente. 

O IGP-DI é usado como referência para correções de preços de tarifas públicas e reajustes de contratos de aluguéis e de planos de saúde, sendo também o indexador das dívidas dos Estados com a União. 

O índice também é diretamente empregado no cálculo do PIB (Produto Interno Bruto) e das contas nacionais em geral.

 

 
Veja Relacionados:  IGP-DI, janeiro
IGP-DI  janeiro 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping