R7 - Notícias

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

23 de Julho de 2014

Você está aqui: Página Inicial/Notícias/Economia/Notícias

Icone de Economia Economia

publicado em 03/11/2011 às 12h38:

O mais importante é resolver crise econômica
na Europa, diz Obama sobre G20

Criação de empregos e estabilizar mercados financeiros do mundo são algumas das propostas

Da Agência Brasil

Publicidade

O assunto mais importante nos próximos dois dias, durante a cúpula do G20, é “resolver a crise financeira na Europa”, disse nesta quinta-feira (3) o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, após se reunir com o presidente da França, Nicolas Sarkozy.

Durante uma coletiva de imprensa ao lado de Sarkozy, em Cannes, na França, onde ocorre hoje (3) e amanhã (4) a reunião do G20, Obama afimrou que "na maior parte da nossa conversa tratamos de como fortalecer a recuperação econômica global, criando empregos e estabilizando os mercados financeiros do mundo".

- O presidente Sarkozy demonstrou liderança extraordinária em suas decisões e eu concordo com ele que a União Europeia tem dado alguns passos importantes para alcançar uma solução abrangente.

De acordo com Obama, durante o G20, será necessário desenvolver os detalhes sobre como implementar uma solução para a crise financeira “de forma decisiva e completa”. O presidente norte-americano disse que foi discutida a situação na Grécia e como os países podem trabalhar para ajudar a resolver a situação.

 - Os Estados Unidos vão continuar a cooperar com a União Europeia na solução desses desafios.

Nicolas Sarkozy disse que “saúda o entendimento dos Estados Unidos sobre os temas” que serão abordados “nas próximas 48 horas, especialmente, sobre o aspecto da crise grega, as dificuldades do euro e a necessidade de solidariedade com os Estados Unidos".

O presidente francês também disse que espera encontrar uma linha comum com Obama para contribuir para o mundo das finanças na resolução da crise atual. Sarkozy estava se referindo ao imposto sobre transações financeiras, defendido por grande parte da União Europeia, e ao que os Estados Unidos se opõe.


Veja Relacionados:  Obama, G20, crise econômica
Obama  G20  crise econômica 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping