R7 - Notícias

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

20 de Agosto de 2014

Você está aqui: Página Inicial/Notícias/Economia/Notícias

Icone de Economia Economia

publicado em 14/02/2013 às 17h59:

Ouro recua 0,58% e atinge menor patamar em 6 meses

Estadão ConteúdoEstadão Conteúdo

Publicidade
Os contratos futuros de ouro negociados na Comex, a divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex), fecharam em queda nesta quinta-feira, atingindo o menor nível em cinco meses. Um relatório divulgado mais cedo mostrou uma queda na demanda global pelo metal no ano passado, o que deixou os investidores cautelosos.

O contrato de ouro mais negociado, com entrega para abril, perdeu US$ 10,60 (0,58%), terminando a US$ 1.635,50 a onça-troy, o patamar mais baixo desde 20 de agosto de 2012.

O Conselho Mundial do Ouro (WGC, na sigla em inglês) divulgou que a demanda por moedas, barras e fundos de índices (ETFs, na sigla em inglês) lastreados em ouro caiu 10% em 2012. A demanda total global recuou 0,4%, para 4.405,50 toneladas, na primeira retração desde 2009.

"A Índia foi o verdadeiro motivo da queda", comentou Marcus Grubb, diretor-gerente de investimento do WGC. O aumento de impostos sobre a importação de ouro prejudicou as compras dos indianos, que são os maiores consumidores do metal no mundo. A demanda na Índia recuou 12% em 2012, para 864 toneladas.

As autoridades indianas estão tentando conter as importações de ouro, que ajudam a aumentar o déficit comercial do país. No mês passado, o governo elevou o imposto sobre importação do metal para 6%, de 4%. Mesmo assim, o WGC espera que a demanda indiana cresça este ano, assim como na China, que é a segunda maior consumidora mundial. A organização prevê uma alta de 0,1% a 3,5% na demanda indiana, e um crescimento de 0,5% a 13% nas compras de ouro da China.

Este ano os futuros de ouro acumulam perda de 2,4%. O metal geralmente é comprado em períodos de turbulência em outros mercados e como uma forma de proteção contra a inflação, mas com uma melhora no sentimento global recentemente e a inflação sob controle nos maiores países desenvolvidos, os investidores têm colocado seu dinheiro em ativos mais arriscados.

Enquanto isso, o mercado físico está sem os investidores chineses esta semana, que estão de folga em função do feriado prolongado do Ano Novo Lunar. As informações são da Dow Jones.

 
Veja Relacionados: 
 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping