R7 - Notícias

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

20 de Agosto de 2014

Você está aqui: Página Inicial/Notícias/Economia/Notícias

Icone de Economia Economia

publicado em 28/12/2009 às 17h10:

Portal tem 1.300 vagas de cursos
e empregos para ex-detentos

São 178 oportunidades no mercado de trabalho e 1.204 vagas para formação profissional

Agência Estado

Em funcionamento há pouco mais de um mês, o Portal de Oportunidades do Conselho Nacional de Justiça oferece 1.314 vagas de cursos e empregos para presos e egressos do sistema carcerário. O sistema é parte das ações do Programa Começar de Novo, que estimula a reintegração de presos à sociedade.

O sistema disponível no site do CNJ oferece às empresas, órgãos públicos e entidades um espaço para ofertar empregos. São 178 vagas, em todo o Brasil, e  Erivaldo Ribeiro, auxiliar da presidência do CNJ e coordenador nacional dos mutirões carcerários, acredita que a entidade possa oferecer mais de cinco mil. 

- O sistema ainda está em processo de atualização e com a adesão dos parceiros a expectativa é de que consigamos superar as cinco mil vagas.

No site podem ser encontradas vagas nas funções de auxiliar de administração, auxiliar de serviços gerais, mecânico, vendedor de jornal, serralheiro, soldador e office-boy.

Outras 1.204 vagas estão abertas para cursos gratuitos de formação profissional, em Campinas (São Paulo) e Cuiabá (Mato Grosso). A maior parte delas se refere a capacitações em construção civil, pedreiro, carpinteiro, encanador, pintor imobiliário, eletricista predial, auxiliar administrativo e artesanato. Segundo Erivaldo Ribeiro, a partir do próximo mês começarão a ser instituídos os grupos gestores do programa nos Tribunais de Justiça de todas as unidades da federação, que ficarão responsáveis, juntamente com o Conselho da Comunidade, por fazer a seleção dos candidatos e encaminhá-los às vagas.

A iniciativa faz parte da segunda etapa do projeto Começar de Novo do CNJ, lançada no início do mês passado, com o objetivo de intensificar ações e parcerias para oferecer capacitação profissional e oportunidades de trabalho a pessoas que passaram pelo sistema carcerário. Para cadastrar novas vagas de emprego ou cursos, empresas e instituições interessadas devem acessar o banner do projeto Começar de Novo, no site do CNJ.

 
Veja Relacionados:  empregos,CNJ
empregos  CNJ 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping