R7 - Notícias

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

1 de Novembro de 2014

Você está aqui: Página Inicial/Notícias/Economia/Notícias

Icone de Economia Economia

publicado em 09/02/2013 às 09h24:

Tempestade de neve mata um e deixa milhares sem energia nos EUA

ReutersReuters

Publicidade

NOVA YORK, 9 Fev (Reuters) - Uma nevasca atingiu o Nordeste dos Estados Unidos, matando pelo menos uma pessoa, deixando centenas de milhares de pessoas sem energia e interrompendo milhares de voos, informaram autoridades e a mídia local.

Os meteorologistas alertam para ventos mais fortes e nevascas neste sábado, especialmente perto de Boston, onde até 76 centímetros de neve eram esperados em algumas áreas, assim como em Nova York, Connecticut e Maine.

Na primeira morte atribuída à tempestade de neve, um homem de setenta anos foi morto quando um motorista perdeu o controle de seu carro e o acertou em Poughkeepsie, Nova York, informou a imprensa.

A usina nuclear de Pilgrim, em Plymouth, Massachusetts ficou sem força e automaticamente foi desligada durante a tempestade na noite de sexta-feira, mas não havia nenhuma ameaça para o público, disse que a Comissão Reguladora Nuclear.

Ventos chegaram de 56 a 64 quilômetros por hora até a tarde de sexta-feira e meteorologistas esperado rajadas ainda maiores durante a noite.

A tempestade levou os governadores de Massachusetts, Rhode Island, Connecticut, Nova York e Maine a declararem estado de emergência.

O governador de Massachusetts, Deval Patrick, tomou a rara decisão de anunciar a proibição da maior parte de viagens de carro no início da tarde sexta-feira, enquanto o governador de Connecticut, Dannel Malloy, fechou rodovias do estado para todos os veículos, menos os de emergência.

Na noite de sexta-feira, alguns trens que circulam entre Nova York e o condado de Westchester, Long Island e Connecticut já haviam sido suspensos.

Em muitos casos, as autoridades ordenaram que os trabalhadores não essenciais do governo ficassem em casa, solicitando que os empregadores privados fizessem o mesmo, orientando as pessoas para se prepararem para quedas de energia.

"As pessoas precisam levar essa tempestade a sério", disse Malloy, governador de Connecticut. "Por favor, fique em casa, exceto em caso de emergência".

Mais de 160 mil ficara sem energia em Massachusetts, quase 200 mil em Rhode Island e 34 mil em Connecticut, de acordo com concessionárias locais.

Mas a tempestade não era uma má notícia para todos. Na cidade de Nova York, o prefeito Michael Bloomberg sugeriu que as pessoas relaxem em casa, cozinhando ou assistindo a um filme. Bloomberg disse que planejava recuperar o atraso em seu sono.

 
Veja Relacionados:  Reuters
Reuters 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping