R7 - Notícias

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

23 de Abril de 2014

Você está aqui: Página Inicial/Notícias/Economia/Notícias

Icone de Economia Economia

publicado em 16/01/2013 às 11h43:

Trabalhador ganha índice para barganhar aumento e salário

Fipe lança três índices de mercado de trabalho para antecipar condições dos empregos

Felippe Constancio, do R7

Publicidade

O trabalhador brasileiro agora pode ter uma estimativa de por quanto as empresas estão negociando salários de novas vagas no mercado de trabalho. O Índice de Salários Ofertados, criado pela Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas), ajudará o trabalhar a saber o quanto pode pedir de aumento, segundo o coordenador do projeto Eduardo Zylberstajn nesta quarta-feira (16).

Além do Índice de Salários Ofertados, a fundação também criou a Taxa de Desemprego Antecipada e o índice de relação candidato-vaga, que aponta quantos candidatos buscam determinada vaga.

Zylberstajn explica que os índices relacionam os dois lados do mercado de trabalho (oferta e demanda) com base em dados do site de classificados de currículos online Catho, do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) e do TEM (Ministério do Trabalho e Emprego).

De acordo com o coordenador dos projetos, os índices vêm para ajudar a suprir a falta de dados para explicar precisamente o cenário do mercado de trabalho. 

—  Essas fontes têm um histórico curto quando a gente olha para países mais desenvolvidos. Além disso, a gente tem uma escassez de dados sobre a demanda por parte das empresas.

Zylberstajn esclarece que o uso de mais indicadores ajuda as empresas a tomarem uma decisão mais apropriada para o momento da economia.

— Não necessariamente a empresa vai demitir num primeiro momento de crise. Demitir é custoso. Ela pode dar férias ou abrir outras estratégias se souber as condições do presente, sem uma diferença muito grande entre o mês da pesquisa e sua publicação.

Taxa de Desemprego Antecipada

Um dos novos índices, a Taxa de Desemprego Antecipada estima em tempo real qual o nível de desemprego no mercado de trabalho brasileiro. 

— O que a gente faz é pegar os dados da Catho e informações de seguro-desemprego no Google. Com isso, não há um atraso de semanas.

Índice de Salários Ofertados

O Índice de Salários Ofertados é um cálculo feito a partir de dados da RAIS (Relação Anual de Informações Sociais) para cada região do Brasil, para que se tenha uma estimativa de quantos empregados o mercado pede além da quantidade de candidatos. 

—  Ele traz a evolução nominal dos salários anunciados das principais ocupações do Brasil. Assim, o empregado tem maior capacidade de barganha na hora de negociar um aumento, por exemplo. Saberá até quanto pode pedir.

De acordo com os números, quanto mais aquecida e economia, mais contratações são feitas, o que favorece as condições do trabalhador na hora de pedir aumento.

— A diferença entre os salários contratados e ofertados não passou de 10% nos últimos três anos. Isso quer dizer que, na contraoferta, o trabalhador sabe que não adianta pedir mais que isso.

Os índices serão publicados sempre no último dia de cada mês.

 

Veja as respostas certas do quiz aqui

 
Veja Relacionados:  trabalhador,aumento,economia,r7
trabalhador  aumento  economia  r7 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping
Blu-Ray Player Blu-Ray Pl Saraiva R$ 299,00
Monitor Monitor Wal-Mart R$ 348,00
Blu-Ray Player Blu-Ray Pl Saraiva R$ 449,00
Fogão Fogão Mania Vi R$ 580,41