R7 - Notícias

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

1 de Setembro de 2014

Você está aqui: Página Inicial/Notícias/Economia/Notícias

Icone de Economia Economia

publicado em 26/12/2012 às 17h37:

Venda do Banco de Valência ao CaixaBank é oficializada

AFPAFP

Publicidade

O nacionalizado Banco de Valência foi vendido como previsto ao CaixaBank, terceira entidade espanhola em valor de mercado, após um saneamento que custou 6 bilhões de euros em fundos públicos, informou nesta quarta-feira o Banco da Espanha.

O Banco da Espanha já havia anunciado em novembro sua intenção de ceder por um preço simbólico esta pequena entidade ao CaixaBank, principal banco espanhol em ativos, com 365 bilhões de euros, desde sua absorção em junho de outra entidade menor, o Banca Cívica.

O fundo público espanhol de reestruturação bancária (FROB) recapitalizou com 4,5 bilhões de euros o Banco de Valência, que representa 20,7 bilhões de euros em ativos.

"A isso se somou um esquema de proteção de ativos (EPA) sobre uma carteira de crédito de BdV cujo custo final pode estar entre 300 e 600 milhões de euros", explicou o Banco da Espanha.

A entidade já havia recebido uma primeira injeção de fundos públicos após sua nacionalização em novembro de 2011.

"Levando em conta os 1 bilhão de euros aportados em maio de 2012 pelo FROB, o total de recursos públicos comprometidos no BdV pode ser estimado em torno de 6 bilhões de euros", disse.

As autoridades decidiram vender a entidade por considerar que esta opção seria menos custosa para o Estado que a liquidação da entidade, cujo custo teria sido superior aos 6 bilhões de euros", podendo alcançar até 7,4 bilhões, afirmou.

"A decisão de venda, frente à de liquidação, contribuiu para reforçar a confiança de depositantes e investidores e evitou possíveis impactos negativos com relação à disponibilidade e custo de financiamento para Espanha e suas entidades financeiras nos mercados internacionais", disse.

O BdV é - junto a Bankia, CatalunyaCaixa e NovaCaixaGalicia - um dos quatro bancos espanhóis nacionalizados devido a suas dificuldades financeiras.

Muito debilitado por sua alta exposição a uma bolha imobiliária que estourou em 2008, o setor financeiro espanhol obteve a promessa de uma ajuda da zona do euro de até 100 bilhões de euros, o primeiro lote da qual, de 37 bilhões, está destinado às quatro entidades nacionalizadas.

acc/lmm/wm

 
Veja Relacionados: 
 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping