Poupança deve render menos a partir de setembro

Economia em 3 Minutos explica as diferenças entre os investimentos

O Comitê de Política Econômica do Banco Central vai se reunir nos próximos dias 5 e 6 de setembro e definir a nova taxa básica de juros. Com a inflação controlada, a expectativa do mercado financeiro é que a taxa caia dos atuais 9,25% ao ano para 8,25%, o que vai causar impacto na rentabilidade da caderneta de poupança, o principal investimento realizado no Brasil.

O economista Richard Rytenband, comentarista do Jornal da Record News e do live do R7 Economia Sem Paletó, explica o que vai mudar com as novas regras da poupança.

Abaixo, compare o desempenho de diferentes investimentos no ano de 2016 para uma aplicação de R$ 1.000:

Arte R7

Agora, compare o desempenho dos mesmos investimentos para os anos de 2015 e 2016:

Arte R7

Para saber mais, assista ao Economia Sem Paletó #8, que tratou dos principais investimentos brasileiros: