R7 - Notícias

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

23 de Outubro de 2014

Você está aqui: Página Inicial/Notícias/Educação/Notícias

Icone de Educação Educação

publicado em 13/06/2010 às 09h22:

Alunos de educação infantil aprendem
brincando com a Copa do Mundo

Bandeiras das seleções e álbum de figurinhas são transformados em lição para os pequenos

Camila de Oliveira, do R7

A Copa do Mundo já começou e não são apenas os “adultos” que mostram a paixão pelo futebol. Os pequenos aprendem com o esporte em sala de aula e absorvem conteúdos brincando ao som da vuvuzela

No painel do Alfa 1, ano escolar para crianças de 3 e 4 anos do colégio Vértice, as bandeiras do Brasil e dos países participantes do mundial de futebol estão expostas. Com papel crepom, os alunos aprendem formatos, cores e desenvolvem a coordenação motora fazendo os símbolos das nações  presentes na África do Sul.

O álbum de figurinhas da Copa também serve para apresentar sequência numérica, soma, subtração e raciocínio lógico no pré dois do Colégio Piaget, que tem alunos de dois a cinco anos de idade.

A orientadora pedagógica Paula Prado diz que as atividades artísticas e recreativas são fundamentais para ensinar alunos dessa faixa etária, e que o futebol é um bom esporte para estimular o respeito em relação ao outro, já que cada um tem a sua vez para jogar.  Além disso, a criança tem em casa estímulos sobre o assunto.

- Nada mais favorável do que aproveitar para ensinar utilizando o que a criança traz da rua.

Um telão vai garantir que os alunos acompanhem o principal assunto do país nos dias dos jogos do Brasil. Paula explica que os grupos de espectadores serão divididos de acordo com a série e a idade. É uma facilidade para os pais que trabalham normalmente, explica ela, e se veem diante de um problema quando a escola dispensa o filho mais cedo.

Por esse motivo o Colégio Alecrim, que atende crianças de um a dez anos, não pretende fechar os portões quando a seleção estiver em campo. Rosina Revolta, coordenadora administrativa da escola, diz, porém, que a maioria dos alunos falta em dia de torcida nacional.

- Teremos uma TV para os alunos e funcionários assistirem aos jogos; afinal, o Brasil para. Vários [pais] não têm com quem deixar seus filhos e os trazem normalmente à escola. Mas, pela experiência não são muitos [alunos que vão às aulas nos dias de jogos].

Por lá, as figurinhas mais famosas do país também fazem sucesso. Além de divertir, ajudam a ensinar os algarismos e a ordem crescente e decrescente dos números. Mas Rosina avisa que o álbum “não é o da banca, é feito na escola”. 

Veja Relacionados:  colégio, copa do mundo, aula
colégio  copa do mundo  aula 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping