R7 - Notícias

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

23 de Setembro de 2014

Você está aqui: Página Inicial/Notícias/Educação/Notícias

Icone de Educação Educação

publicado em 15/07/2010 às 09h26:

Escola estadual da USP tem o
melhor ensino fundamental de SP

Colégio teve boas pontuações no ranking do Ideb; ingresso de aluno é feito por sorteio

Letícia Casado, do R7

Publicidade

A Escola de Aplicação da USP (Universidade de São Paulo), na zona oeste da capital paulista, ficou em primeiro lugar no ranking geral do Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) entre as escolas estaduais de São Paulo no ensino fundamental. Na primeira fase (1º ao 5º ano escolar) a nota média foi de 6,6 pontos, ocupando a sétima posição; na segunda fase (6º ao 9º ano), teve em 6,2 pontos e ocupou a primeira posição. Os dados foram divulgados na semana passada pelo MEC (Ministério da Educação) e servem de base para analisar a situação do ensino no país.

Na Escola de Aplicação não é preciso fazer “vestibulinho” para ser aceito. No entanto, o processo seletivo se dá por sorteio. Há 60 alunos por série, sendo 20 vagas reservadas para filhos de professores da Faculdade de Educação da USP, outras 20 para filhos de funcionários da universidade (o colégio fica lá dentro) e outras 20 para membros da comunidade. Cerca de 600 crianças concorrem a essas vagas abertas ao público, conta Lúcia Helena Serradella, secretária da escola.

No total, o colégio tem 738 alunos que estudam do 1º ano do ensino fundamental ao 3º do colegial.

- A diversidade é a marca da integração por aqui. Tem criança que sabe ler e escrever, mas tem aquela que nunca teve contato com um lápis antes de vir para cá.

Lúcia Helena diz que o principal destino dos alunos que passam por lá são as escolas ou as faculdades técnicas.

As salas para os pequenos que estão no 1º ano do fundamental (antiga pré-escola) são totalmente adaptadas para crianças. Coloridas, têm mesas e cadeiras baixinhas e brinquedos e educativos.

Clique aqui para ver os resultados do Ideb Brasil
Clique aqui para ver os resultados do Ideb por Estado, município e escola

O colégio é muito bem cuidado. Tem quatro laboratórios para física, química, biologia e ciências naturais. O técnico Leonides Roque da Silva Filho conta que o ponto forte dessa área é o equipamento de microscopia, completo e atualizado.

As aulas expositivas dessas quatro matérias são ministradas dentro dos laboratórios, para facilitar o entendimento da teoria que o professor está explicando. O “sistema biblioteca” também funciona nesses ambientes. Nas paredes, estantes com livros que podem ser levados para casa pelos alunos.

Por rede pública, a cidade com ensino mais bem avaliado no Ideb foi Cajuru, no interior de São Paulo. Todas as escolas da rede, sejam estaduais ou municipais, tiveram boas notas no indicador.

Notas mais baixas

Do outro lado da cidade, na zona sul, a favela de Paraisópolis abriga duas das escolas da rede pública com piores notas no ensino fundamental.  A escola municipal Paulo Freire teve nota 3,1 no primeiro ciclo, e o colégio estadual Etelvina de Góes Marcucci teve 2,6 pontos no segundo ciclo.

Veja a galeria de fotos de Paraisópolis

 


 
Veja Relacionados:  ideb, usp
ideb  usp 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping