R7 - Notícias

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

24 de Novembro de 2014

Você está aqui: Página Inicial/Notícias/Educação/Notícias

Icone de Educação Educação

publicado em 28/05/2012 às 12h56:

Escolas particulares fazem paralisação e 6.000 alunos ficam sem aulas em Salvador

Se não houver acordo, docentes podem entrar em greve por tempo indeterminado

Do R7

Publicidade

Os professores da rede participar de ensino da Bahia começaram, nesta segunda-feira (28), uma paralisação de 24 horas na espera de negociações entre o Sinpe-BA (Sindicato dos Estabelecimentos do Ensino da Bahia) com as escolas. Se não houver um acordo, os docentes entrarão em greve por tempo indeterminado a partir desta terça-feira (29).

A categoria pede 10% de aumento salarial e os donos das escolas oferecem a metade. Segundo o sindicato, pelo menos 200 professores em dez escolas participares de Salvador aderiram a paralisação, deixando cerca de 6.000 alunos sem aula neste início da semana.

A paralisação ocorre em todo o Estado, porém ainda não há estimativa de quantos estudantes estão sem aula na Bahia.

Leia mais notícias do R7


Escola Estadual

Os professores das escolas estaduais da Bahia completaram 48 dias de greve nesta segunda-feira (28). Cerca de 90% da rede aderiu a paralisação, que deixa um milhão de alunos sem aula no Estado.

Os professores pedem reajuste de 22% do salário, porém ainda não houve um acordo entre docentes e governo.

Assista ao vídeo:


Veja Relacionados:  escolas,particulares,greve,paralisação,docentes
escolas  particulares  greve  paralisação  docentes 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping