R7 - Notícias

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

23 de Novembro de 2014

Você está aqui: Página Inicial/Notícias/Educação/Notícias

Icone de Educação Educação

publicado em 21/12/2012 às 15h04:

Garotos aprendem mais sobre sexo com pornografia do que com educação sexual, dizem políticos

Primeiro-ministro da Grã-Bretanha anunciou planos para internet

Do R7

Publicidade

Políticos da Grã-Betanha fizeram um relatório em que afirmam que os jovens, muitas vezes, recebem educação sexual com pornografia. Deputados pediram que a educação sexual e relacionamentos sejam temas obrigatórios para ser discutido com estudantes. As informações são da agência britânica The Telegraph. 

Além disso, apontam, é necessário que estes jovens rececebam "aconselhamento em relacionamentos", de acordo com um orgão do parlamento para prevenção de gestações não planejadas. 

De acordo com os deputados, ensinar meninos e meninas sobre sexo e relacionamentos em classes mistas poderia ajudar os meninos a formar "uma visão mais arredondada do que está envolvido em uma relação sexual em oposição a apenas um encontro sexual". 

O relatório foi publicado quando David Cameron, o primeiro-ministro, anunciou planos para que os pais adequem seus filtros de internet quando tiverem crianças em casa. O primeiro-ministro prometeu agir contra um "ataque silencioso na inocência" e proteger os filhos das "preocupações e complexidades da vida adulta". A mudança foi motivada por preocupações sobre o impacto do fácil acesso a pornografia na vida das crianças. 

Leia mais notícias de Educação

Membros do governo, instauradores do inquérito, afirmaram que o impacto da pornografia nos homens jovens tornava as relações mais difíceis para as meninas, que são tipicamente vistas como as responsáveis por contracepção, por insistires em usar preservativos.

O relatório aponta ainda que a relativa facilidade de acesso à pornografia também tende a moldar e distorcer a imagem que as pessoas têm de si mesmas e seus corpos. O relatório observa que os jovens, muitas vezes, recebem "educação sexual" da pornografia.

— Claramente a pornografia não envolve aconselhamento sobre contracepção e não tendem a promover o uso de preservativos. Assim, se esta é a principal fonte de "educação" dos garotos é provável que ficará mais difícil para as meninas insistir que o preservativo seja usado.

 
Veja Relacionados:  internet,sexo,pornografia
internet  sexo  pornografia 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping