R7 - Notícias

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

28 de Novembro de 2014

Você está aqui: Página Inicial/Notícias/Educação/Notícias

Icone de Educação Educação

publicado em 04/12/2013 às 18h05:

Prefeitura de São Paulo estabelece norma para avaliação da educação infantil

Objetivo é definir procedimentos que verifiquem trajetória das crianças e qualifique ainda mais o ensino da 1ª etapa da educação

Do R7

Publicidade

A Secretaria Municipal da Educação de São Paulo estabeleceu uma norma para as formas de avaliação nas instituições de educação infantil de gestão direta, indireta e conveniada. O objetivo da orientação, que ganhou o nome de "Avaliação na Educação Infantil: aprimorando os olhares", é definir procedimentos comuns que verifiquem a trajetória das crianças e incremente o ensino da primeira etapa da educação básica.

A elaboração da normativa é uma resposta à publicação da lei federal nº 12.796 de 04/04/2013, que altera a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional e torna a educação básica obrigatória e gratuita dos quatro aos 17 anos de idade.

Segundo o MEC (Ministério da Educação), a "avaliação será sempre da criança em relação a si mesma e não comparativamente com as outras crianças” — ela deverá registrar as experiências vividas no dia a dia, registrando descobertas e aprendizagens. De acordo com a pasta, trata-se de um processo contínuo e que deve subsidiar a prática do professor.

Leia mais notícias de Educação

Alckmin anuncia investimentos de R$ 217 milhões para abertura de 16 mil vagas em creches

O modelo já é adotado em algumas escolas da cidade. A normatização vai servir para garantir a organização de registros sobre aprendizagem e vivência dos alunos. A ideia da secretaria é que o sistema permita ainda o desenvolvimento em níveis diferentes das crianças, usando para a avaliação elementos como portfólios individuais e do grupo, fotos, filmagens, relatórios individuais e em conjunto, além de produções das crianças, incluindo desenhos, esculturas e maquetes, por exemplo. Os registros são considerados documentação pedagógica.

Ainda segundo a pasta, a ideia é envolver também as famílias no aprendizado dos aluons e garantir que os  registros sejam empregados como um elo de comunicação entre os educadores e os responsáveis. O documento fortalece a importância da avaliação que considere toda a estrutura do projeto pedagógico, a organização e o funcionámento das escolas.

 

 
Veja Relacionados:  educação infantil, prefeitura, são paulo, educação básica, normativa
educação infantil  prefeitura  são paulo  educação básica  normativa 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping