R7 - Notícias

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

27 de Maio de 2016

Você está aqui: Página Inicial/Notícias/Educação/Notícias

Icone de Educação Educação

publicado em 16/05/2011 às 11h10:

Professores perdem 34% do
tempo das aulas com burocracia

Chamadas, distribuição de deveres de casa e recolha de atividades atrasam aprendizado

Do R7, com informações do EcoDesenvolvimento

Publicidade

Um estudo realizado pelo Banco Mundial revelou que 34% do tempo de aula nas escolas do Brasil são usados para realizar tarefas burocráticas, como realizar chamadas, distribuir deveres de casa e recolher atividades. Com isso, o aproveitamento da aula para ensino efetivo não ultrapassa os 66% do tempo disponível.

Segundo o Banco Mundial, os resultados apontam para uma média muito aquém dos países da OCDE (Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico), em que 85% do tempo é usado para o aprendizado.

Uma conta feita pelo Movimento Todos Pela Educação  e divulgada pelo Instituto EcoDesenvolvimento mostrou que, considerando uma hora-aula de 50 minutos (duração corrente de uma aula no Brasil), a média de tempo de aprendizagem no país é de 33 minutos, enquanto que nos países da OCDE é de mais de 42 minutos.

A pesquisa, que foi feita em escolas das redes estaduais dos Estados de Pernambuco e Minas Gerais, e na rede municipal do Rio de Janeiro, também revelou a disparidade entre algumas instituições.

Nas escolas em que as aulas têm os maiores índices de tempo gasto com ensino efetivo, os professorem passam 40 minutos e 30 segundos de uma hora aula realizando seu ofício (cerca de 81% do período).

Já nas instituições de ensino com os menores índices de tempo usado para educação concreta, os docentes utilizam apenas 37% do tempo das aulas ensinando, o que corresponde a aproximadamente 18 minutos e 30 segundos. Existindo, inclusive, casos em que o professor fica até mesmo fora da classe durante o tempo de aula.

Como consequência, os alunos que estudam nas escolas com mais tempo de ensino em sala de aula têm o relativo a 88 dias letivos a mais do que os colegas que assistem aulas com menores aproveitamento.

O estudo, que já começou a ser feito também no México, Jamaica, Colômbia, Guatemala e Paraguai, ainda deverá ser estendido para El Salvador, Chile, Peru e Guiana. 

 

Veja aqui respostas corretas do quiz aqui.


 
Veja Relacionados:  escolas, professores, burocracia
escolas  professores  burocracia 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping