R7 - Notícias

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

22 de Agosto de 2014

Você está aqui: Página Inicial/Notícias/Educação/Notícias

Icone de Educação Educação

GREVE NAS FEDERAIS
VEJA A COBERTURA COMPLETA
publicado em 27/08/2012 às 17h37:

Universidade Federal de Rondônia suspende vestibular por causa de greve

Instituição disse que retomará calendário de 2013 após paralisação

Do R7

Publicidade

A Unir (Universidade Federal de Rondônia) divulgou um comunicado informando que suspendeu o vestibular 2013 até que as aulas sejam retomadas e que seja decidido um novo calendário para as atividades relativas ao segundo semestre de 2012.

A instituição faz parte das 49 universidades que ainda não retomaram as aulas após mais de cem dias de greve dos professores federais.

A instituição de Rondônia utiliza o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) como único meio de ingresso desde 2012. Para entrar na instituição, os estudantes devem fazer a prova, que acontecerá nos dias 3 e 4 de novembro de 2012. Segundo o comunicado, após a definição de novo calendário, a Unir divulgará o edital de inscrição de candidatos aos cursos para ingresso em 2013.

Leia mais notícias de Educação

Nesta segunda-feira (27),  a presidenta do Andes-SN (Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior), Marinalva Oliveira, disse que, embora os professores da UnB tenham decidido retomar as atividades, as aulas continuam suspensas em outras universidades.

Na sexta-feira (24), os docentes da UnB decidiram, em assembleia, encerrar a paralisação. Uma semana antes, em outra assembleia, a categoria já havia votado pelo fim da greve, mas o resultado foi contestado. Os professores de algumas universidades, como a UFC (Universidade Federal do Ceará), a UFSCar (Universidade Federal de São Carlos) e a UFRGS (Universidade Federal do Rio Grande do Sul), já haviam decidido pelo fim do movimento na semana passada.


O Ministério da Educação reafirmou, por meio da assessoria de imprensa, que não haverá reabertura de negociações relativas à proposta salarial e de carreira docente apresentada pelo governo federal e já firmada pela Proifes.

A proposta do governo, que prevê reajustes entre 25% e 40%, nos próximos três anos, e redução do número de níveis de carreira de 17 para 13, foi aceita pela Proifes (Federação de Sindicatos de Professores de Instituições de Ensino Superior). 

Na sexta-feira (24), o MEC havia informado, em nota, que o orçamento da pasta já foi encaminhado ao Ministério do Planejamento com a proposta negociada e está em processamento, não havendo “possibilidade de reabertura de negociações ou de análise de qualquer outra contraproposta que altere o acordo já assinado”.

O Ministério do Planejamento lembrou, também, por meio da assessoria de imprensa, que as rodadas de negociação com os servidores públicos federais em greve foram encerradas ontem (26) e que os representantes das categorias têm até amanhã (28) para assinar os acordos, concordando com o reajuste proposto pelo governo.

As categorias que não concordarem com a proposta de reajuste, segundo o governo, ficarão sem aumento. Na próxima sexta-feira (31), termina o prazo para o envio do Orçamento ao Congresso Nacional, com a previsão de gastos com a folha de pagamento dos servidores para 2013.

Veja Relacionados:  universidade,federal,rondonia,vestibular,suspende,greve,federais,
universidade  federal  rondonia  vestibular  suspende  greve  federais 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping