R7 - Notícias

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

27 de Maio de 2016

Você está aqui: Página Inicial/Notícias/Esquisitices/Notícias

Icone de Esquisitices Esquisitices

publicado em 25/02/2010 às 11h21:

Brasileiro cria clube que incentiva a
prática de não fazer absolutamente nada

Os nadistas já contam com 8.000 membros e pretendem espalhar suas ideias sem propósito

Do R7

Um novo movimento surgido no Brasil quer que a população se una em uma grande corrente para...não fazer nada.

É isto mesmo, o Clube do Nadismo, criado pelo designer gaúcho Marcelo Bohrer, propõe que todos parem de vez em quando para não fazer absolutamente nada, "numa boa, sem culpa e sem stress".

A ideia é fazer oposição ao ritmo frenético de vida que a maioria de nós levamos. No site oficial, Bohrer explica que ficar de bobeira é quase um crime.

- Quando não temos mais tempo pra nada, quando estamos sempre ocupados e com pressa sentimos que é impossível ficar sem fazer nada mesmo por um minuto. É como se fosse proibido não fazer nada.

Praticar o nadismo parece muito simples, basta, hmm, não fazer nada. No entanto, é necessário entregar seu tempo para isso, desligar de tudo o que está ao redor, ocupar a mente com o vazio.

É tão radical, que até a intenção de fazer nada tem de ser abandonada, já que o nadismo não tem propósito.

Os nadistas gostam de praticar o nada em grupo. Geralmente em lugares abertos, como parques e praças. Eles deitam na grama, olham para cima e começam a não fazer coisa alguma.

O movimento foi criado por Bohrer em Londres. Em 2006, o Clube do Nadismo foi lançado no país e, hoje, já conta com mais de 8.000 membros.

Até uma data já foi reservada para o Dia Nacional do Nadismo. Todo dia 13 de dezembro, os praticantes se reúnem para celebrar o nada. 

Veja Relacionados:  nada,nadismo
nada  nadismo 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping