Hora 7

Após levar fora da namorada, norte-americano é preso tentando "engravidar" o cavalo do vizinho

4/2/2013 às 15h31 (Atualizado em 12/8/2014 às 19h28)



Do R7

Andrew Mendoza, de 29 anos, tentou justificar sexo com o cavalo do vizinho Reprodução/The Sun

Andrew Mendoza, de 29 anos, foi flagrado em uma situação no mínimo constrangedora e tentou justificar o ato para não ser preso. De acordo com o jornal britânico The Sun, o texano foi preso em flagrante fazendo sexo com o cavalo do vizinho.

A polícia se surpreendeu com o depoimento de Mendonza, que estaria tentando "engravidar o animal". Ele confessou que havia "mexido" com o cavalo marrom do vizinho depois de uma decepção amorosa: sua namorada o ignorou.

Veja os crimes sexuais mais bizarros do mundo

Fúria selvagem: homens são mutilados e devorados por animais

De acordo com as autoridades, o texano afirmou que iria atrás do cavalo caso a companheira não o telefonasse.

Como foi exatamente isso que aconteceu, o homem não teve dúvidas e invadiu a casa do vizinho atrás do animal.

O criminoso chegou a descrever a sequência toda de atos sexuais com o cavalo e, por fim, alegou que sua intenção era engravidar o animal de um possível “homem-cavalo”.

Mendonza, que possui um extenso histórico criminal incluindo contravenções, mais tarde admitiu ter cometido dois crimes: atentado ao pudor e invasão de domicilio. Em razão disso, o tribunal o condenou a quatro meses de prisão.

Eles comem carne humana: conheça canibais que horrorizaram o mundo

Crimes macabros assustaram o mundo em 2012

Veja as imagens do dia

O que acontece no mundo passa por aqui

Moda, esportes, política, TV: as notícias mais quentes do dia

Comentários

Atenção! Os comentários do Portal R7 são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderam ser denunciados por outros usuários, acarretando até mesmo a perda da conta do Facebook.

Veja também

Todas as notícias
Publicidade

Vitrine de ofertas

X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!