Internacional

5/2/2013 às 02h50

Ataque contra simpatizantes de Rafael Correa deixa 2 mortos

EFE

(Acrescenta detalhes do incidente). Quito, 4 fev (EFE).- Um homem matou duas pessoas durante um ataque com arma branca contra simpatizantes do presidente do Equador, Rafael Correa, enquanto o aguardavam para um ato eleitoral na cidade de Quinindé, segundo informou o próprio líder. "Tragédia em Quinindé! Desordenado apunhala sete pessoas da AP (Movimento Aliança País) que esperavam o presidente. Dois falecidos", escreveu Correa em sua conta no Twitter. O Ministério do Interior informou através da mesma rede social que deteve o suspeito de cometer o crime. "Um abraço solidário às famílias das vítimas em Quinindé. O vídeo do incidente é realmente apavorante!", acrescentou Correa no Twitter. O líder se referia a um vídeo postado no YouTube, de autoria desconhecida, em que um homem aparece atacando com uma faca algumas pessoas que esperavam em frente a um palanque. Na sequência, alguns homens presentes reagem aplicando golpes com os paus de suas bandeiras contra o agressor, que sai correndo do lugar. Quinindé é uma cidade localizada na província litorânea de Esmeraldas, fronteiriça com a Colômbia. Nesta segunda-feira, Correa fez campanha nessa província para o pleito de 17 de fevereiro. Segundo uma pesquisa da empresa Market divulgada em 18 de janeiro, o atual presidente lidera as intenções de voto com 49%. O segundo classificado é o ex-banqueiro Guillermo Lasso, que coma 18%. EFE cma/pa
  • Espalhe por aí:

Veja também

Todas as notícias
X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!