Internacional

7/5/2013 às 20h04 (Atualizado em 7/5/2013 às 21h18)

Autoridades já haviam ido a casa de Ohio onde mulheres foram encontradas

Três jovens que passaram mais de dez anos em cativeiro foram encontradas ontem em Cleveland

Reuters

Três mulheres que passaram cerca de uma década desaparecidas foram libertadas na segunda-feira (6) de uma casa de Ohio que as autoridades já haviam tentado visitar anos atrás, disse a polícia nesta terça-feira (7).

Três irmãos com idades entre 50 a 54 anos, inclusive um motorista de ônibus escolar que é o dono do cativeiro, estão detidos.

Foram libertadas Amanda Berry, de 27 anos, desaparecida desde 2003; Gina DeJesus, de 23, que sumira em 2004; e Michelle Knight, de 32, que havia desaparecido em 2002. Foi encontrada também uma menina de seis anos, que segundo a polícia é filha de Berry, concebida e nascida em cativeiro.

As três moças haviam desaparecido, ainda adolescentes, no mesmo bairro onde fica a casa. Em meio à alegria pela descoberta delas, vizinhos relatavam ter feito várias denúncias à polícia sobre atividades suspeitas do imóvel, sem sucesso.

Filho de sequestrador escreveu reportagem sobre vítima

Polícia revela detalhes do resgate e elogia perseverança de sequestradas

Caso de jovens resgatadas com vida após uma década em cativeiro comove os EUA

Autoridades de Cleveland disseram ter feito uma tentativa de visitar a casa em 2004, por conta de um assunto não relacionado ao desaparecimento das mulheres, e que ninguém atendeu à porta. Ainda segundo as autoridades, os registros locais não indicam outras denúncias.

"Não temos indicação de que nenhum dos vizinhos, transeuntes, testemunhas ou ninguém tenha alguma vez feito um chamado relativo a qualquer informação, relativo a atividades que ocorreram na casa da avenida Seymor", disse o prefeito Frank Jackson em entrevista coletiva.

Mas Israel Lugo, um vizinho, disse ter ligado para a polícia em novembro de 2011, depois de sua irmã ver uma menina na casa segurando um bebê e gritando por socorro. Ele disse que a polícia veio e bateu à porta várias vezes, mas não teve resposta e foi embora.

Lugo disse que há cerca de oito meses, sua irmã viu Ariel Castro, dono do imóvel, estacionar seu ônibus escolar em frente à casa e levar para dentro uma sacola grande com lanches e refrigerantes.

— Minha irmã disse: ‘Algo está errado' (...). Foi aí que minha mãe ligou para a polícia.

Lugo disse que a polícia veio e mandou Castro não estacionar o ônibus na frente de casa.

A polícia de Cleveland não se manifestou sobre os supostos chamados.

O resgate de segunda-feira à noite, descrito como "milagroso" por um parente, começou com uma desesperada ligação para o 911 (telefone de emergências) por parte de uma mulher dizendo ser Amanda Berry, desaparecida há uma década.

Ela havia escapado do modesto sobrado no bairro humilde da zona oeste de Cleveland, com a ajuda de um vizinho que contou à polícia ter ouvido gritos e ajudado a moça a arrombar a porta.

Anthony Quiros, 24 anos, vizinho do cativeiro, disse que ainda no mês passado Ariel Castro participou de uma vigília que marcou os nove anos do desaparecimento de DeJesus.

O motorista, nascido em Porto Rico, era baixista em grupos de música latina da região. Vizinhos dizem que ele se divorciou há mais de uma década, e que a ex-mulher já morreu. Ele supostamente tem um casal de filhos adultos.

Tito DeJesus, que foi colega de Castro em uma banda, contou à CNN que esteve na casa há dois anos, e não viu nada de suspeito. Ele disse também que certa vez Castro perguntou a Tito se DeJesus havia sido encontrada — ele pensava erroneamente haver parentesco entre os dois.

O que acontece no mundo passa por aqui

Moda, esportes, política, TV: as notícias mais quentes do dia

  • Espalhe por aí:

Veja também

Todas as notícias
Publicidade

Vitrine de ofertas

Compartilhe
Mergulho no lixo

Ativistas do freeganismo se alimentam de comidas jogadas fora

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Fotografia

Ensaio traz à tona "fantasmas" da desindustrialização nos EUA

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Imagens do ano

Entre sorrisos e lágrimas: veja as imagens mais emocionantes de 2013

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Perturbador

Crimes brutais chocaram o mundo em 2013. Veja os casos mais macabros

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
  • Últimas de Internacional

  • Últimas de Notícias

X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!