Aviação do Iraque anuncia morte de "número 3" do Estado Islâmico

As milícias identificaram o terrorista como sendo Abu Suhaib 

A aviação do Iraque matou nesta sexta-feira (4) o "número três" na linha de comando do grupo terrorista Estado Islâmico (EI) em um bombardeio ao oeste de Mosul, informaram as milícias pró-governamentais Multidão Popular.

Em um comunicado, as milícias — lideradas por xiitas — identificaram o terrorista como Abu Suhaib e explicaram que a Brigada 13 da Multidão Popular informou à aviação iraquiana sobre o local onde ele estava, na área da Al Yegefi, perto da fronteira com a Síria.

Também nesta sexta-feira, supostos integrantes do Estado Islâmico assassinaram um oficial das forças de segurança iraquianas e sequestraram outro em uma emboscada contra o veículo em que ambos viajavam, na comarca de Al Qayara, ao sul de Mosul, segundo informou à Agência EFE o prefeito da região, Saleh al Yaburi.

Mosul foi até o mês passado o principal bastião do EI no Iraque, onde o grupo conquistou amplas áreas do norte e o oeste do país.

As autoridades declararam a vitória sobre Mosul, após terem expulsado os jihadistas do centro histórico da cidade, após mais de oito meses de duros combates.

No entanto, os jihadistas ainda controlam territórios como a comarca de Tel Afar, ao oeste da cidade, e outras áreas perto da fronteira com a Síria.

Mulheres iraquianas queimam burcas como sinal de libertação de Mosul do Estado Islâmico