Internacional

26/2/2013 às 08h06 (Atualizado em 26/2/2013 às 08h06)

Carne de cavalo: EUA cancelam importação de países afetados

O escândalo atinge vários países da Europa, como Alemanha, França, Eslovênia, Itália e Espanha

O escândalo da carne de cavalo vendida como produto bovino atinge vários países da Europa PHILIPPE HUGUEN / AFP

Os Estados Unidos não importarão mais carne procedente dos países europeus afetados pelo escândalo da carne de cavalo, revelou nesta segunda-feira (25) à AFP o departamento de Agricultura.

O escândalo da carne de cavalo vendida como produto bovino atinge vários países da Europa, incluindo Alemanha, França, Eslovênia, Itália e Espanha.

Uma fonte do departamento americano de Agricultura destacou que os países europeus que retiraram do mercado produtos contendo carne de cavalo não exportam para os Estados Unidos.

Os Estados Unidos não importam carne de cavalo e não têm matadouros de equinos no país, lembrou o funcionário, que pediu para não ser identificado.

Escândalo da carne de cavalo faz com que europeus temam descontrole alimentar

Bulgária confirma presença de carne de cavalo em lasanhas

Carne de cavalo é encontrada pela primeira vez na Itália

Em mais um capítulo do escândalo, a filial americana da Ikea afirmou nesta segunda-feira que as almôndegas que vende nos Estados Unidos têm apenas carne de porco e bovina procedente da América do Norte.

Em cerca de 15 países europeus, a Ikea suspendeu a venda de alguns tipos de almôndegas devido à presença de carne de cavalo.

O que acontece no mundo passa por aqui

Moda, esportes, política, TV: as notícias mais quentes do dia

  • Espalhe por aí:

Veja também

Todas as notícias
X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!